Miguel Trovoada, Representante Especial das Nações Unidas na Guiné-Bissau

Situação de impasse “não se deve prolongar” – Miguel Trovoada

Lisboa (Lusa, 4 de Setembro de 2015) – O representante especial do secretário-geral da ONU para a Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, considerou ontem que a situação de impasse no país “não se deve prolongar”, insistindo no diálogo para solucionar a crise.

“Neste momento (a situação) está a conhecer um compasso de espera que começa a ser preocupante na medida em que o primeiro-ministro nomeado não conseguiu ainda formar um elenco governamental e acho que esta situação não se deve prolongar”, disse Trovoada aos jornalistas, no final de um encontro com a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, em Lisboa.

Miguel Trovoada, novo Representante Especial da ONU na Guiné-Bissau 

Miguel Trovoada está solidário com guineenses 

Bissau (ANG, 4 de Setembro de 2015) – O enviado especial da ONU para a Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, garantiu haver “uma grande compreensão” da comunidade internacional em relação ao actual momento  que a Guiné Bissau atravessa.

Segundo o jornal de Angola,Trovoada disse acreditar que o momento actual é “um acidente  de percurso” e que o Mundo está ao lado dos guineenses.

Directoria das Alfandegas da Guiné-Bissau

Finanças: Diretor das Alfândegas refuta quebra de receitas fiscais

Bissau (Lusa, 4 de Setembro de 2015) – O diretor-geral das Alfândegas da Guiné-Bissau, Francisco Rosa Cá, negou ontem que tenha havido uma quebra de receitas fiscais no país, no mês de agosto, tal como foi anunciado na quarta-feira num comunicado do PAIGC.

Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC)

PAIGC acusa Presidente da República de não ter rumo para o país

(ANG, 3 de Setembro de 2015) – O PAIGC acusa o Presidente da República de não ter um rumo para o pais, volvidos que já foram 20 dias desde a queda do governo.

A acusação   consta num comunicado do Partido Africano da Independência de Guiné e Cabo-Verde (PAIGC) à que a ANG teve hoje acesso .

Mapa da Guiné-Bissau

Sete pessoas desaparecem após naufrágio de pesqueiro grego no país

Bissau (Lusa, 4 de Setembro de 2015) – Sete pessoas foram dadas como desaparecidas devido a um naufrágio de um navio de pesca grego, ocorrido no domingo na zona económica exclusiva da Guiné-Bissau, anunciaram ontem as autoridades portuárias guineenses.

Bandeira e mapa da Guiné-Bissau

Números de telefone passam a ter nove dígitos a partir de novembro

Bissau (Lusa, 3 de Setembro de 2015) – Os números de telefone do país vão passar a ter nove dígitos a partir de novembro, anunciou ontem Luís Silva, diretor jurídico da Autoridade Reguladora Nacional (ARN) para a área das telecomunicações.

Filomeno Pina

Opinião: A Inverdade e “Telhados de Vidro”

Quem tem rabo-de-palha, não salta a fogueira, quando muito simula ter coragem para tal, mas nunca salta, com medo de se queimar, e ainda, quem tem “telhados de vidro”, também não tem a melhor sorte, porque vive sob pressão causada pela mentira ocultada, escondendo com receio de ser despido na praça pública, vive fugindo do “fogo” ou da manipulação à distância de “padrinhos”.

Por Filomeno Pina | filompina@hotmail.com

Patrício Baionco, 
Prof° Mestre, Consultor e Pesquisador | baionco@gmail.com

Opinião: Raios-X do circo político e social da Guiné-Bissau

Circo é um ambiente onde os profissionais do riso desenvolvem habilidades com intenção de provocar um mix de alegria e emoção com diferentes quadros artísticos. No caso da Guiné-Bissau o CIRCO durou mais de quatro décadas sem conseguir provocar alegria e emoção, mas espalhando tristeza e angústia aos espectadores1 (1se refere à comunidade internacional e ao povo guineense).

Por Patrício Baionco, Prof° Mestre, Consultor e Pesquisador | baionco@gmail.com

Por Agnelo Pinto | nelo_ufc@yahoo.com.br

Opinião: O PAIGC e a briga interna

Não vim aqui para fazer julgamento de valor “de quem está certo ou errado”, nos diferentes cenários de que o País vem conhecendo nos últimos tempos. Quero exclusivamente manifestar de forma clara a minha insatisfação perante atitudes não Patrióticos dos nossos políticos em geral especialmente do PAIGC.

Por Agnelo Pinto

Fernando Siga, Estudante na UNILAB | nhassesulte@gmail.com

Opinião: Se semearmos o vento, colheremos a tempestade

Se a Democracia é a voz de povo, por meio dela, se expressa a sua liberdade em escolher os seus representantes, porquê que no meu País a vontade do povo não é respeitada?

Por Fernando Siga, Estudante na UNILAB | nhassesulte@gmail.com

Tudo o que hoje estamos vivendo é fruto do que semeamos, por isso, se plantarmos o vento colheremos a tempestade, como dizem os mais velhos.

Países da UEMOA

UEMOA: Organização económica da África Ocidental garante apoios ao novo PM

Bissau (Lusa, 2 de Setembro de 2015) – A União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA) anunciou ontem apoios ao novo primeiro-ministro, Baciro Djá, com quem a organização pretende continuar a executar os programas por si financiadas.

CPLP

Brasil e Cabo Verde prometem apoio “forte e imediato” à Guiné-Bissau

Cidade da Praia (Lusa, 1 de Setembro de 2015) – Cabo Verde e Brasil prometeram esta semana um apoio “forte e imediato” à Guiné-Bissau no sentido de que o país retome a normalidade institucional, traduzindo-se no respeito por parte de todos os atores políticos da cultura democrática e institucional.

Tomada de posse de Baciro Dja, novo Primeiro-ministro da Guine-Bissau | Foto: Herickson Fada

Supremo Tribunal pede informação sobre nomeação do novo PM

Bissau (Lusa, 1 de Setembro de 2015) – O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) da Guiné-Bissau pediu na passada segunda-feira esclarecimentos à Presidência do país e à Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a constitucionalidade do decreto que nomeou o novo primeiro-ministro, disse à Lusa fonte judicial.

PAIGC e PRS

Guiné-Bissau: Comissão Política do PRS vai analisar actual crise no país

 

Bissau (ANG, 28 de Agosto de 2015) – O Partido da Renovação Social (PRS) vai reunir, este sábado em Bissau,  a sua Comissão Política para analisar a actual crise política, na sequência da qual foi demitido o governo liderado por Domingos Simões Pereira, que integrava elementos desta formação política.

Conselho de Segurança das Nações Unidas

Situação na Guiné-Bissau discutida no Conselho de Segurança da ONU

Nova Iorque (Lusa & GBissau, 28 de Agosto de 2015) – O Conselho de Segurança da ONU esteve reunido esta sexta-feira à porta fechada para debater a crise política na Guiné-Bissau.

As consultas no Conselho de Segurança realizaram-se depois do Representante Especial para a Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, ter apresentado o seu relatório sobre a situação no país.

Baciro Djá, novo Primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Novo primeiro-ministro prossegue consultas para formar seu governo

Bissau (AFP, 28 de Agosto de 2015) – O novo primeiro-ministro, Baciro Djá, contestado dentro de seu próprio partido, continua as consultas para formar o seu governo, apesar de uma resolução do Parlamento que apela para a sua demissão, disse à AFP uma fonte com o conhecimento da matéria.

Sede da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque

ONU diz estar preocupada, mas não cancela ajuda monetária à Guiné-Bissau

Nova Iorque (Lusa, 27  de Agosto de 2015) – A Organização das Nações Unidas (ONU) não planeia cancelar a ajuda financeira prometida à Guiné-Bissau, mas está preocupada com a participação dos outros doadores internacionais, disse à Lusa uma fonte do Conselho de Segurança.

“A ajuda não deve ser cancelada, mas existem muitas preocupações devido a esta crise”, considerou.

Poder tradicional guineense | foto Arquivo

Chefes religiosos tentam mediar crise política

Bissau (Lusa, 27  de Agosto de 2015) – Líderes religiosos guineenses têm-se desdobrado em contatos com os responsáveis políticos com vista a ajudar a aproximar as partes desavindas desde que o Presidente do país demitiu o Governo eleito.

Durante mais de duas horas, uma delegação de chefes religiosos da Igreja Católica, das comunidades muçulmana e Evangélica, reuniu-se hoje o líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Domingos Simões Pereira – depois de ontem ter sido recebida pelo Presidente José Mário Vaz.

Bandeira da União Africana

UA defende respeito pela Constituição e neutralidade de militares

 

Lisboa (Lusa, 26  de Agosto de 2015)  – O Conselho de Paz e Segurança da União Africana (UA) defendeu hoje o respeito pela Constituição e a neutralidade das Forças Armadas da Guiné-Bissau no contexto de tensão crescente entre os principais responsáveis políticos do país.

“O Conselho sublinhou mais uma vez que esta situação poderia colocar em causa os avanços registados com a conclusão da transição e a realização das bem-sucedidas eleições legislativas e presidenciais em abril e maio de 2014”, referiu a organização em comunicado.

Vista parcial do Palácio da República da Guiné-Bissau

Presidência da República congratula com posição da ANP que advoga recurso á via judicial 

Bissau (ANG, 26 de Agosto de 2015) – A Presidência da República congratulou-se esta terça-feira com a decisão da Assembleia Nacional Popular (ANP), de recorrer a via judicial para apreciação da constitucionalidade dos Decretos Presidenciais que demite o Governo de Domingos Simões Pereira e nomeia um novo Primeiro-ministro, bem como quaisquer outros actos.

Em Comunicado à Imprensa assinado pelo seu Porta-Voz, a que a ANG teve acesso, a Presidência da República refere que outros factos devem ser indicados junto ao Poder Judicial.

Domingos Simões Pereira, Presidente do PAIGC e Ex-Primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Ex-Primeiro-ministro aponta recuo do Presidente da República como solução para actual crise

 

Bissau (ANG, 26 de Agosto de 2015) – O antigo Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, disse que apenas o recuo do Presidente de República pode resolver de forma rápida e eficaz a crise política que se vive no pais.

Em entrevista à Voz de América, Domingos Simões Pereira revelou que o PAIGC tem soluções para ultrapassar a crise decorrente da demissão do seu governo, mas para isso, José Mário Vaz terá de anular o decreto que nomeou o novo Primeiro-ministro e pedir ao partido maioritário que indique um novo candidato a chefe de Governo.

Aliu Soares CASSAMA | ascassama@gmail.com

Opinião: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, disse Jesus Cristo

A minha religião é muçulmana mas permitam-me partir desta bela frase de JESUS CRISTO para sustentar a minha tese sobre actual situação politica que a Guiné-Bissau atravessa. Pois, neste momento estamos perante uma das mais importantes decisões para a nossa democracia.

  • Por Aliu Soares CASSAMA | ascassama@gmail.com

Para recuperar uma boa imagem do nosso pais e consolidar a nossa posição económica e social há varias coisas que são fundamentais serem decididas com a brevidade possível.

Dingana Paulo Faia Amona, Estudante de Humanidades na Unilab Brasil | Email: furtunata@outlook.com

Opinião: Mudança de mentalidade como caminhos para uma reforma política de urgência na Guiné-Bissau

Tendo em vista a situação política que se vive no país desde as primeiras eleições em 1994, a reforma política é e deve ser com certeza a maior preocupação dos guineenses, uma vez que os indivíduos que ocupam os mais altos cargos públicos não demonstram a vontade e mínima responsabilidade em ajudar o país a sair em situação de instabilidade que se vive a mais de três décadas, e essas pessoas aproveitam esses momentos de governação para se tornarem milionário à custa dos privilégios que se têm adquiridos nestes cargos.

  • Por Dingana Paulo Faia Amona, Estudante de Humanidades na Unilab Brasil | Email: furtunata@outlook.com

No entanto, para que essa reforma seja bem-sucedida, é preciso alcançar um consenso entre todas as forças políticas e os atores sociais do país.

Sede da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau

Parlamento vai realizar debate de urgência sobre situação política

Bissau (Lusa, 21 de Agosto de 2015) – A Assembleia Nacional Popular (ANP, o Parlamento) da Guiné-Bissau vai reunir-se com caráter de urgência em data a anunciar para debater a situação política do país, anunciou o órgão.

Carlos Vamaim, Constitucionalista da Guiné-Bissau

Nomeação do novo PM respeita a Constituição – constitucionalista

Bissau (Lusa, 21 de Agosto de 2015) – A nomeação do novo primeiro-ministro pelo Presidente da República respeita a Constituição do país, disse hoje à Lusa o constitucionalista guineense Carlos Vamaim, segundo quem pode haver dúvidas apenas quanto aos procedimentos.

“Um dos poderes do Presidente da República é o de nomear e exonerar o primeiro-ministro, tendo em conta os resultados eleitorais e ouvidas as forças políticas representadas na Assembleia Nacional Popular (ANP, o Parlamento guineense) “, referiu.