Embaixador João Soares da Gama, Nações Unidas

ONU: Guiné-Bissau “dificilmente estará em situação de não poder votar” na 70ª sessão da AG

Bissau (GBissau, 30 de Janeiro de 2015) – Apesar das informações que apontam para o risco da Guiné-Bissau ser impedida de votar na 70ª Assembleia Geral da ONU que começa no próximo mês de Setembro, as autoridades do país dizem que um tal facto “dificilmente poderia acontecer”.

Em causa está a falta de pagamento das dívidas para com as Nações Unidas.

Domingos Simões Pereira, Primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Simões Pereira pede que a credibilidade de Cabo Verde esteja à disposição da Guiné-Bissau 

Cidade de Praia (A Semana de Cabo Verde, 29 de Janeiro de 2015) – O Primeiro-Ministro da Guiné Bissau, Domingos Simões Pereira, pediu esta quarta-feira, 28, que o potencial de credibilidade que Cabo Verde já construiu seja colocado à disposição daquele país irmão, para ajudar o seu Governo a reconstruir a Guiné e a incrementar o acordo entre Bissau e Praia.

Simões Pereira, que falava durante uma visita a algumas empresas de São Vicente, considerou ainda a ilha do Monte Cara “um pólo industrial importante”, com sectores do interesse que podem potenciar as relações desses dois países, que partilham uma história comum.

Universidade Lusófona da Guiné (ULG)

Ministério da Educação exige que ULG cumpra o despacho do Governo

Bissau (PNN, 30 de Janeiro de 2015) – O Ministério da Educação Nacional (MEN) exigiu à reitoria da Universidade Lusófona da Guiné-Bissau (ULG) o cumprimento escrupuloso do despacho número 9 da Secretaria de Estado do Ensino Superior e Investigação Científica.

O mesmo despacho determinava a suspensão dos cursos de formação de Enfermagem Superior, Engenharia Informática e Direito, administradas nesta instituição privada de ensino superior.

Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas em Genebra, Palais des Nations

Situação da Guiné-Bissau em avaliação no Conselho de Direitos Humanos da ONU 

Bissau (ANG, 29 de Janeiro de 2015) – A Guiné-Bissau aposta na melhoria da situação dos Direitos Humanos no país, e vai “redobrar esforços para dar um passo em frente” nessa matéria, disse terça-feira à Lusa em Genebra a presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos.

Aida Fernandes, que falava no final da segunda avaliação da Guiné-Bissau pelo Conselho de Direitos Humanos, das Nações Unidas, salientou que o país já alcançou alguns sucessos no domínio do direito das crianças, da justiça, da defesa e da segurança.

Admiro Nelson Belo, Ministro da Função Pública e Reforma Administrativa (MFPRA)

“A Reforma é para acabar com burocracia, letargia e corrupção”, disse Nelson Belo

Bissau (ANG, 30 de Janeiro de 2015) – O ministro da Função Pública e Reforma Administrativa justificou a necessidade da implementação das reformas no sector para por cobro a “burocracia, letargia e corrupção reinantes no aparelho estatal, e torná-lo mais célere, eficiente e eficaz”.

A justificação de Nelson Belo foi prestada à revista “Nô Administração”, uma publicação deste ministério, cuja edição de Janeiro acaba de ser colocada nas bancas.

Domingos Simões Pereira durante a sua visita ao Cabo Verde

Domingos Simões confiante na consolidação da democracia na Guiné-Bissau

Praia (A Semana de Cabo Verde, 28 de Janeiro de 2015) – O primeiro ministro da Guiné Bissau, Domingos Simões Pereira, está confiante no processo de consolidação da democracia no seu país. Aponta que, para tal os actores políticos precisam criar condições favoráveis de forma a colmatar as principais lacunas que impedem uma democracia segura e consistente.

Durante a conferência sobre a “A Situação Política e Económica na Guiné-Bissau” realizada na passada terça-feira, 27, no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, Domingos Simões Pereira explica que o Estado da Guiné-Bissau procura construir uma democracia inclusiva, onde o homem guineense está no centro de tudo: sociedade, economia, política e meio ambiente.

Bandeiras de Cabo Verde e da Guiné-Bissau

Cabo Verde e Guiné-Bissau retomam relações de cooperação

Bissau (PNN, 28 de Janeiro de 2015) – Os Governos de Cabo Verde e da Guiné-Bissau retomaram formalmente as relações de cooperação, interrompidas desde o golpe de Estado de 12 de Abril de 2012 contra o Primeiro-ministro e candidato Presidencial, Carlos Gomes Júnior.

O anúncio foi feito no dia em que o Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, iniciou uma visita oficial de três dias a Cabo Verde.

Arquipélago dos Bijagós, Imagem do Satélite

Governo abre processo para compra de navios de passageiros para as ilhas

Bissau (ANGOP, 28 de Janeiro de 2015) – O governo da Guiné-Bissau lançou nesta quarta-feira o processo para compra de três novos navios para ligar o arquipélago dos Bijagós à parte continental do país e a empresa portuguesa Atlantic Eagle Shipbulding figura entre as concorrentes

Segundo foi anunciado em cerimónia pública, o processo é organizado pela secretaria de Estado dos Transportes e Comunicações, que pretende ver os navios nas águas guineenses ainda este ano.

Vista Aérea da cidade de Cacheu

Comunicado: UE promove a melhoria do sistema educativo na região de Cacheu

A União Europeia promove a melhoria do acesso ao sistema educativo de qualidade e das condições educativas nas áreas rurais da Região de Cacheu

Bissau (União Europeia, 29 de Janeiro de 2015) – No dia 30 de Janeiro de 2015, pelas 10:00 horas, em Bachil, a Delegação da União Europeia junto da República da Guiné-Bissau e a ONG guineense ADPP assinalam a cerimónia de graduação de 40 formandos na área de psicopedagogia, no âmbito do “Projecto para a melhoria do acesso ao Sistema educativo de qualidade e das condições educativas nas áreas rurais da região de Cacheu”.

Encontro entre Domingos Simöes Pereira e José Maria Neves | Foto: Gabinete da Comunição do PM de Cabo Verde

Primeiro-ministro guineense garante que não há mal-estar com chefe de Estado 

O que há é a “falta de alguma concertação” – Domingos Simões Pereira

Cidade da Praia, (Diario Digital, 28 de Janeiro de 2015) – O primeiro-ministro guineense garantiu esta terça-feira, na Cidade da Praia, a inexistência de qualquer mal-estar com o presidente da Guiné-Bissau, considerando que existe “falta de alguma concertação” num país que está a sair de uma situação “terrivelmente difícil”.

Domingos Simões Pereira, que iniciou esta terça-feira uma visita oficial de três dias a Cabo Verde, falava aos jornalistas após um encontro com o presidente da câmara da Cidade da Praia, Ulisses Correia e Silva, e salientou tratar-se de um período que não é fácil, nem para si, nem para José Mário Vaz.

Banco Africano de Desenvolvimento (BAD)

PM guineense garante apoio incondicional à candidatura de Cabo Verde a presidência do BAD 

Cidade da Praia, (ANGOP, 28 de Janeiro de 2015) – O primeiro-ministro guineense garantiu nesta terça-feira, na Cidade da Praia, o apoio “inequívoco e incondicional” da Guiné-Bissau à candidatura da ministra das Finanças cabo-verdiana, Cristina Duarte, à presidência do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), noticiou a Lusa.

Fafali Koudawo, ex-diretor da iniciativa Voz de Paz e INTERPEACE

Governo guineense vai homenagear Fafali Kudawo

Bissau (ANG, 27 de Janeiro de 2015) – O governo guineense vai, no próximo sábado, render uma homenagem ao ex-Director-Geral do projecto Voz da Paz e reitor da Universidade Colinas de Boé, Fafali Kudawo, falecido no passado dia 23 do mês em curso.

O anúncio foi feito segunda-feira pelo Primeiro-Ministro, à margem da cerimônia de abertura de mais uma reunião da Comissão Inter-parlamentar da União Económica e Monetária Oeste Africana que termina no próximo dia 30.

Directoria das Alfandegas da Guiné-Bissau

Alfândegas: Direcção Geral anuncia Plano Estratégico de Reforma

Bissau (ANG, 27 de Janeiro de 2015) – A Direcção Geral das Alfandegas da Guiné-Bissau, tornou público segunda-feira, por ocasião das celebrações do dia mundial das alfândegas, um novo Plano Estratégico de Reforma e Modernização para o quinquênio 2014/18.

Falando à ANG, a margem do evento que se realizou na vila de Safim, arredores de Bissau, o Director de Serviços de Reforma e da Modernização das Alfandegas da Guiné-Bissau, disse que o referido plano se assenta em nove eixos principais, nomeadamente  a capacitação dos agentes integrados no circuito e logística comercial.

Carnaval na Guiné-Bissau | Foto Arquivo

Carnaval 2015: Investidura da Comissão Organizadora

Bissau (ANG, 27 de Janeiro de 2015) – O Secretário de Estado do Turismo, Vicente Fernandes, conferiu posse, segunda-feira, à comissão organizadora do carnaval 2015, presidido por Wilson Barbosa, antigo Director-geral da Cultura.

No acto, Vicente Fernandes informou que o governo pretende transformar o carnaval em “caixa postal” do turismo e desafiou aos guineenses a serem capazes de promover a cultura e torná-la num factor de união da nação guineense.

José Mário Vaz, PR da Guiné-Bissau

PR José Mário Vaz define administração da Justiça como «actividade fulcral» do Estado 

Bissau (PNN | ANGOP, 27 de Janeiro de 2015) – O Presidente da República definiu esta terça-feira, 27 de Janeiro, a administração da Justiça como uma actividade fulcral do Estado, que pode ser tratada como a última fronteira num sistema democrático, balizada pelo direito.

José Mário Vaz fez esta interpretação durante a cerimónia de cumprimentos de ano novo por parte do poder judicial, enquanto Chefe de Estado guineense.

Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira

Equipa de Avaliação internacional esperada em Fevereiro – Domingos Simões Pereira

Bissau (Rádio Pindjiguiti, 27 de Janeiro de 2015) – O Primeiro-ministro anunciou à margem do bureau do comité interparlamentar da União Económica e Monetária Oeste Africana (UEMOA), que nos dias 05 e 07 de fevereiro próximo estarão em Rubane, região de Bolama/Bijagós, a chegada de uma Equipa de Avaliação Internacional.

A mesma equipa vai avaliar a nova visão do país para a mesa redonda de doadores, a ter lugar no dia 27 de março próximo.

Bandeiras de Cabo Verde e da Guiné-Bissau

Primeiro Ministro Domingos Simões Pereira viajou para Cabo-Verde 

Bissau (Bombolom, 27 de Janeiro de 2015) – Domingos Simões Pereira deixou o país na noite de ontem com destino a Cabo-Verde para uma visita de três de dias, a convite do seu homólogo José Maria Neves, primeiro ministro de Cabo-Verde.

A acompanhar o chefe de executivo guineense está uma delegação ministerial integrada pela Ministra de Justiça e os secretários de estado da cooperação internacional e dos transportes.

Exportação da areia pesada  de Varela pela empresa russa Poto SARL

Caso das areias pesadas de Varela: Ministro da tutela ouvido pelo Ministério Público 

Bissau (RDN, 27 de Janeiro de 2015) – O ministro dos Recursos Naturais foi ouvido esta terça-feira pela Procuradoria-Geral da República sobre o caso da exploração das areias pesadas de Varela.

Esta audição de Daniel Gomes acontece depois do ministro ter sido ouvido por uma comissão especializada da Assembleia Nacional Popular.

Basílio Sanca, eleito novo Bastonário da Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau

Basílio Sanca eleito novo Bastonário da Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau

Bissau (ANG, 27 de Janeiro de 2015) – O Basílio Sanca é novo Bastonário da Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau, ao vencer com 79 votos, correspondentes a 61,7 por cento dos votos a sua adversária Ruth Monteiro, que obteve 49 votos, nas eleições que tiveram lugar no último fim-de-semana, em Bissau.

Guiné-Bissau e a União Europeia assinam novo acordo de pescas

Guiné-Bissau e a UE assinam novo acordo de pescas

Bissau (ANG, 26 de Janeiro de 2015) – O Governo da Guiné-Bissau e a União Europeia assinaram recentemente um acordo no domínio das pescas , em que o segundo se comprometeu a disponibilizar 9 milhões de Euros anuais, a partir desta data, às autoridades de Bissau.

O acordo  que autoriza aos navios europeus a pescarem nas águas territoriais guineenses, foi rubricado no termo da reunião da comissão mista que procedeu ao balanço de execução do protocolo de cooperação  em vigor entre as partes.

Atribuição de boinas para identificação dos três ramos das Forças Armadas da Guiné-Bissau

EMGFA distribui boinas para identificar soldados de cada ramo

Bissau (ANG, 26 de Janeiro de 2015) – O Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) presidiu no ultimo fim de semana a cerimónia de atribuição de boinas para melhor identificação dos três ramos das Forças Armadas da Guiné-Bissau.

No seu discurso no acto,  Biaguê Nan N’tan explicou que a unidade do Exército será identificada através de boinas castanhas, a da Marinha com azuis-escuras e a Força Aérea, azuis-claras.

União Europeia (UE)

EU facilita diálogo entre organizações dos direitos humanos na Guiné-Bissau

Bissau (União Europeia, 26 de Janeiro de 2015) - A Casa dos Direitos em Bissau acolheu no 21 de Janeiro de 2015 um encontro entre as organizações activas na protecção e promoção dos direitos humanos na Guiné-Bissau e apoiadas pela União Europeia no âmbito do Instrumento Europeu de Democracia e Direitos Humanos.

Este encontro, promovido e patrocinado pela Delegação da União Europeia, reuniu pela primeira vez os representantes da ACEP, ADIM, AMIC, CARITAS Guiné-Bissau, Casa dos Direitos, ENGIM, FEC, GEIOJ, Liga Guineense dos Direitos Humanos, MANITESE, Observatório dos Direitos Humanos, PLAN Guiné-Bissau, RENLUV-GC/GB,TINIGUENA e UNICEF.

Liga Guineense dos Direitos Humanos - LGDH

Condolências da LGDH: Prof. Fafali Koudawo

Bissau (LGDH, 25 de Janeiro de 2015) – A Liga Guineense dos Direitos Humanos registou com bastante tristeza e consternação as informações que dão conta do desaparecimento físico do Professor Doutor Fafali Koudawo Director da ONG Voz di Paz e Reitor da Universidade Colinas do Boé, no passado dia 23 de Janeiro 2013.

Ao longo da sua vida profissional, Fafali Koudawo destacou-se como uma das figuras incontornáveis  e que mais têm contribuído para o desenvolvimento da Guiné-Bissau, em diversos domínios, nomeadamente, na arquitetura do ensino superior, na projeção de investigação científica, na promoção da cultura da paz e no  relançamento do processo de dialogo e de reconciliação nacional.

Elisabete Azevedo-Harman, Chatham House

Homenagem: Prof. Fafali Koudawo, Reitor da Universidade Colinas de Boé da Guiné-Bissau

Acabo de saber do falecimento do colega e amigo Prof. Doutor Fafali Koudawo. Conhecemo-nos por volta de 2002 ou 2003 em Bissau. Desde daí mesmo que não falássemos com frequência, íamos sabendo um do outro. Academicamente, Fafali estava entre os melhores cientistas políticos com que eu me fui cruzando no mundo. A primeira vez que o conheci, eu era uma estudante de mestrado meia perdida sobre como estudar África.

Por Elisabete Azevedo-Harman, Chatham House

Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas em Genebra, Palais des Nations

Comunicado: Direitos humanos na Guiné-Bissau avaliados em Genebra

GENEBRA/Bissau (UNIOGBIS, 21 de Janeiro de 2015) – A situação dos direitos humanos na Guiné-Bissau será avaliada pela segunda vez na Sexta-feira, dia 23 de Janeiro, pelo Grupo de Trabalho do Exame Periódico Universal (EPU) do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas, no Palácio das Nações, em Genebra.

A Guiné-Bissau faz parte de um grupo de 14 Estados, cuja situação de direitos humanos será examinada pelo Grupo de Trabalho do EPU durante a sua próxima sessão a ter lugar de 19 a 30 de Janeiro. A primeira avaliação a que foi submetido o país teve lugar a 4 de Maio de 2010.