ONU: Os Discursos que nunca aconteceram

Raimundo Pereira (esq.) e Manuel Serifo Nhamadjo (dir.)

Raimundo Pereira (esq.) e Manuel Serifo Nhamadjo (dir.)

Nova Iorque (GBissau.com, 2 de Outubro de 2012) — Os embaixadores da UA, da CEDEAO e da CPLP chegaram a um acordo “amigável” para resolver a questão da “representatividade” da Guiné-Bissau na 67ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas. A decisão passou pela não-intervenção de nenhuma parte guineense.

Como era de esperar, os discursos já estavam preparados e prontos para serem proferidos, mas acabaram por não acontecer.

A GBissau teve acesso aos mesmos e tomamos a iniciativa de os compartilhar com os nossos leitores e com o público em geral.

Carregue no link para o texto integral de cada discurso:

One Response to ONU: Os Discursos que nunca aconteceram

  1. Luis armando sanca diz:

    Isso nao é surpresa que descurso de exelencia PIGB R.PEREIRA nao acontesese quen vé atentamente resoluçao de ONU para com a GB é sempre meia escura porque a sempre algo a insonbrar. ONU nunca toma un atitude justo con a GB é esse mesma escoridao q continua

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.