O Governo de Transição pode recusar vistos aos países que não o reconhece

Fernando "Nando" Vaz, ministro da presidência do conselho de ministros

Fernando “Nando” Vaz, ministro da presidência do conselho de ministros

Bissau (Rádio Difusão Naciona-RDN, 9 de Novembro de 2012) – Fernando Vaz, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros e porta-voz do Governo de Transição disse hoje, sexta-feira, que não concederão vistos aos países que não reconhecem o actual governo.

Sem citar os nomes dos países, Fernando Vaz disse aos jornalistas “aqueles que não nos dão vistos e não nos reconhecem, não serão recebidos na Guiné-Bissau”.

O porta-voz do Governo fazia referência à uma missão de observação que deverá chegar ao país no próximo dia 15 de Novembro, composto pela União Africana, ONU, CPLP, e os representantes da CEDEAO.

Portugal poderá ser o país mais avisado com esta decisão porque, nos últimos meses muitos governantes guineenses viram os seus pedidos de vistos recusados pela representação diplomática portuguesa na capital guineense, Bissau.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.