Comunidade lusófona saúda “progressos” para a estabilização da Guiné-Bissau

Bissau (Lusa, 18 de Julho de 2013) –  A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) saudou (quinta-feira) em Maputo os ” progressos” tendentes à restauração da normalidade política e social na Guiné-Bissau, encorajando o país a prosseguir os esforços para a sua estabilização.

A situação política na Guiné-Bissau, suspensa da CPLP na sequência do golpe de Estado do ano passado, será um dos pontos de agenda da XIII Reunião do Conselho de Ministros da organização, que se realiza em Maputo.

No seu discurso de abertura da reunião, o presidente do Conselho de Ministros da CPLP, Oldemiro Baloi, referiu-se à situação na Guiné-Bissau, congratulando-se com os “progressos positivos” que o país tem vindo a registar, para o regresso à normalidade democrática.

“A convergência de esforços da comunidade internacional e dos atores políticos guineenses, que culminou recentemente com os progressos registados, que se consubstanciaram na formação e tomada de posse de um governo inclusivo, membros da Comissão Nacional de Eleições e marcação de eleições são encorajadores”, frisou Oldemiro Baloi, ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique.

O presidente do Conselho de Ministros da CPLP exortou a classe política da Guiné-Bissau para manter a via do diálogo, como forma de levar o país a normalidade política, social e institucional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.