Ramos-Horta diz que direitos humanos são violados na Guiné-Bissau

Nova Iorque (ONU, 27 de Novembro de 2013) –  O Representante Especial do secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau, José Ramos-Horta, disse terça-feira ao Conselho de Segurança que “a situação dos direitos humanos e de segurança continua a deteriorar-se no país”.

“A situação dos direitos humanos e da segurança na Guiné-Bissau continua a deteriorar-se, com um aumento dos casos de intimidação, ameaças e limitações à liberdade de expressão e associação, assim como a continua interferência militar nos assuntos de Estado”, declarou.

O representante especial referiu-se ao mais recente relatório sobre a situação do país, onde se considera a possibilidade de reforçar a ECOMIB, contingente militar estacionado na Guiné-Bissau, para travar o aumento de casos de violência.

3 Responses to Ramos-Horta diz que direitos humanos são violados na Guiné-Bissau

  1. lénine semedo diz:

    Aqui nao existe palavra DIREITO de um cidadao,(Boka yem)Noa existe mesmo nada aqui estamos no quinto dos infernos,como gosta de dizer a minha querida cunhada…..

  2. proff diz:

    E para rir alguma vez humano tem direito na Guine Bissau ?

Responder a MattMarriott Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.