Paulo Gomes quer acordos para candidatura presidencial de “compromisso nacional”

Bissau (Lusa, 4 de Fevereiro de 2014)  Paulo Gomes, um dos dez candidatos anunciados à presidência da Guiné-Bissau, divulgou uma carta aberta em que se diz disponível para acordar apoios de quaisquer partidos ou entidades para uma “candidatura de compromisso nacional”.

O candidato manifestou “o desejo” e “completa abertura” para equacionar com “partidos políticos, entidades particulares e todas as forças vivas da Nação (…) as modalidades de apoio” que lhe poderão conferir.

Na carta aberta, Paulo Gomes disse que é melhor procurar “consensos” do que haver candidaturas de “grande número de figuras”, como é “hábito” acontecer nas eleições guineenses.

Além de Paulo Gomes, já anunciaram a intenção de se candidatarem à presidência da Guiné-Bissau, nas eleições de 16 de março, Abel Incada, empresário e vice-presidente da Câmara do Comércio da Guiné-Bissau (apoiado pelo PRS), Afonso Té, líder do PRID, Partido Republicano da Independência e Desenvolvimento (candidato da coligação de partidos Fórum Guiné-Bissau) e Carlos Gomes Júnior, primeiro-ministro deposto.

Estão também na lista Domingos Quadé, bastonário da ordem dos advogados da Guiné-Bissau, Fernando Jorge d’Almada, quadro sénior na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e Hélder Vaz, ex-diretor-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Completam as candidaturas anunciadas Iaia Djaló, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e líder do Partido da Nova Democracia (com apoio do PND), Nuno Nabiam, engenheiro de aviação, presidente de agência de Aviação Civil e Tcherno Djaló, antigo ministro da Educação da Guiné-Bissau.

 

LER aqui a carta: Paulo Gomes quer acordos para candidatura presidencial de “compromisso nacional”  

2 Responses to Paulo Gomes quer acordos para candidatura presidencial de “compromisso nacional”

  1. LIGSDF diz:

    Eu tambem serei candidato

  2. Aliu Danfa diz:

    A ideia ate é genial poque a funcao PRESIDENCIAL requere maior consenso possivel melhor do que compromisso patidario a par disso a pessoa em causa pelo que se sabe um poco reune os requesitos necessarios para se quiser pode a par do Domingos Simoes e Braima Camara revejo nesta cadidatura e pela forma como se apresento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.