Militares e membros de forças de segurança já começaram a votar

Militares da Guiné-Bissau | Foto Arquivo

Bissau (Angop, 10 de Abril de 2014)  – Militares e membros das forças de segurança que vão estar mobilizados no domingo são os primeiros a votar nas eleições gerais na Guiné-Bissau, com o voto antecipado que tinha sido marcado para ontem.

Cerca de 2.000 elementos das forças armadas, polícias, Guarda Nacional e outras autoridades estão recenseados e podem votar mais cedo, em vez de domingo, nas instalações de cada uma das nove comissões regionais de eleições (CRE) do país.

O vice-presidente da Comissão Regional de Eleições de Bissau (CRE), Malam Manafá, disse que a medida é prevista na lei e está tudo a decorrer com normalidade.

Um total de 775.508 guineenses serão chamados às urnas no próximo domingo, para eleger um Presidente da República entre 13 candidatos e o governo entre 15 partidos políticos concorrentes à Assembleia Nacional Popular.

3 Responses to Militares e membros de forças de segurança já começaram a votar

  1. Lénine diz:

    Votem com as vossas consciencias nao por indicaçao de beltrano ou fulano yodéééééééé………………

  2. gmc diz:

    Votar com q conciencia, se a maior parte da populacao nao sabe ler/escrever?

  3. yanick rodolfo gomes diz:

    Não vote só para votar, mas sim sabe porque votar…
    precisamos muda a nossa imagem, essa é a nossa oportunidade de usar a nossa consciência para decidir quem é capaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.