Eleições 2014 – 2a Volta: CNE anuncia algumas medidas preventivas

Bissau (GBissau, 19 de Maio de 2014) – A Comissão Nacional de Eleições apresentou no final do dia de ontem, domingo, um pequeno relatório sobre uma metodologia de trabalho para “reforçar a segurança e a transparência” desta fase final das eleições gerais de 2014 na Guiné-Bissau.

A comunicação foi transmitida por Kátia Lopes, a secretária executiva da CNE, numa altura em que teria começado a fase de contagem e do apuramento dos votos. 

De acordo esta mesma deliberação, as actas sínteses das assembleias de votos teriam que ser preservadas com os carimbos e as assinaturas originais dos seus membros. Estas duas medidas foram adoptadas para “a credibilização do processo eleitoral”, disse Kátia Lopes.

A responsável escusou-se, no entanto, a pronunciar-se sobre a taxa de participação dos eleitores guineenses nesta segunda volta das eleições presidenciais. Todavia, lembrou aos jornalistas a excluvidade do mandato da CNE em apurar e publicar quaisquer resultados deste escrutínio.

Declarações de Kátia Lopes, secretária executiva da CNE:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.