União Europeia: Declaração do porta-voz da Alta Representante da UE

Declaração do porta-voz da Alta Representante da União Europeia, Sra. Catherine Ashton, na sequência da segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau

No âmbito da segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau, o Porta-voz da Alta Representante para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança e Vice-Presidente da Comissão, Sra. Catherine Ashton, fez hoje a seguinte declaração:
«Felicitamos o povo da Guiné-Bissau, que demonstrou, mais uma vez, o seu sentido de responsabilidade e o seu empenho na democracia votando de forma pacífica e em número elevado, durante a segunda volta das eleições presidenciais em 18 de Maio.

Todos os actores políticos e militares devem respeitar a vontade do povo. O processo eleitoral tem de decorrer com total transparência e equidade. A Alta Representante está confiante de que qualquer contestação dos resultados será resolvida através das vias legais adequadas. A missão de observação eleitoral da União Europeia, liderada pelo deputado do Parlamento Europeu, Sr. Krzysztof Lisek, apresentará brevemente a sua declaração preliminar sobre o processo eleitoral.

Estas eleições constituem um marco fundamental na via da democracia e da estabilidade, pois só com a existência de um Governo legítimo, reconhecido pelo povo, se pode proporcionar a estabilidade necessária para relançar o desenvolvimento do país. A Alta Representante apela a todos os partidos a trabalharem em conjunto a fim de de prosseguir as transformações necessárias para reconstruir o país e colocá-lo na senda do progresso.

A União Europeia está empenhada em apoiar os cidadãos da Guiné-Bissau a prosseguir este objetivo. A União Europeia reafirma o seu pleno apoio à CEDEAO, às Nações Unidas, à União Africana, à CPLP e a outros parceiros internacionais, para a continuação dos esforços no intuito de ajudar o país a avançar para a estabilidade política e a normalidade constitucional.»

5 Responses to União Europeia: Declaração do porta-voz da Alta Representante da UE

  1. Lénine diz:

    Estamos a vossa espera para o vosso apoio

  2. Bobiry diz:

    NOS NAO PRECISAMOS DE NENHUM APOIO. AGORA E` HORA DE MOSTRAR OA MUNDO INTEIRO Q OS GUINEENSES SAO TRABALHADORES SERIOS CAPAZ DE RESOLVER OS PROPRIOS PROBLEMAS. A MAIOR PARTE DE AJUDA DA COMUN.INTERN. SO` ALIMENTA A CORRUPCAO E CLIENTARISMO Q HOJE SAO O CANCRO DA SOCIEDADE GUINEENSE.

    • taharqa diz:

      BEM DITO! ESSES ESTRANGEIROS SÃO TODOS OS CÚMPLICES DA NOSSA DESGRAÇA PORQUE ELES ALIMENTAVAM O NOSSO MAL COM A FAMIGERADA COOPERAÇÃO COOPERAÇÃOQ QUE SE VÊ EM AFRICA É A CHINESA PORQUE AO MENOS DEIXAM OBRAS FEITAS

  3. upelu kituk diz:

    Que sejamos realista em apinar: Pode que o sr tenha razao em afirmar que as ajudas int. que o paìs recebe tense tornado em CANCRO da nossa sociedade, pois pode ser assim. Mas trabalhadores serios capazes de resolver os proprios problemas?Em essa afirmaçao, tenho as minhas duvidas. Pois se fossemos serios nao estariamos a depender de outras organizaçoes para que venham a organizar-nos as eleiçoes, pois opaìs tem os seus recursos proprios que a ser bem gerido dà suficiente para resolver o problema de todos os Nacionais. Ser serio nao è sinonimo de ser oportunista. E nesse paìs mais abundam os oportunistas disfraçados de politicos. Somos trabalhadores, sim… somos pacificos …sim mas tambem somos conformistas…essa è a realidade.

  4. di bande diz:

    Caro Taharqa, a china nao fas milagres; tems a nucao do que acontese nas nossas matas ou no nosso mar; pelo empresarios chinesa em representar o governo chines??? Ceja um pouco responsavel nos comentarios desnecesario!!!! O que essa sinhora esta comentar e para bem da nassa GUINE …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.