Nô Kriol: “Nóbas di Terra” – Krónicas di Mussá Baldé

Mussá Baldé, Jornalista

Terra sta kalmo. Djambadon di eleiçon kaba. Suma CNE fala kuma ki numero ki conta terça-feira kila cu na manti, ku sedu nhu Jomav ku ganha …el ki pursidenti nobu, suma nu Nuno Nabian fala dja kuma I seta resultado anta kussas fica sin. Pursidenti di PAI, nhu ndjenher Dimingo di Farim pidi si djintis pa é para inda festa dianti di sedi. Kuma momento I ca pa festa inda, I pa tenta filanta terra. Paki terra djingui ku rissu. Plataforma ku staba dianti di sedi na rotunda di mpério I tiradu dja la. É dias kamaradas di Boé na kunsa runhon pa kunsa filanta Gobernu nobu.

Ma utrus nobas ten na Bssau Nandô.

Por Mussá Baldé

Mbaixadur di China bai visita universidade lusofona de Bissau. Tudo muito bem. Djornalistas puntal kuma ku kussas sta entri China ku Guiné. Nhu mbaixadur Huan Hua fala kussas sta diritu inda gossi ku Guiné fassi eleiçon limpu pus.

Nô Kriol: Krónicas di Mussá Baldé

Nô Kriol: Krónicas di Mussá Baldé

Nô Kriol: Krónicas di Mussá Baldé

I puntadu sobre pés di pó di no terra ku faladu kuma I na kaba na mon di Chineses kuna rinkanu pós di sangui, po di conta, po di carbon tudu cu riz …mbaixadur kuma kila I ka bardadi. Kuma China I kontra korta matu di terra di djintis. Kuma elis é kata seta fassi nogós ku ka limpu. Kuma China I kontra danu matu di djintis. Ampus.

É dias mafé ca ten na Bssau. Nin carni nin pis. Kuntangu na matanu po. Sacur na bandé.

Kuma piscaduris tudu bai cudji kadju. Mbom ali dja nca sibi si dunus di baca tan bai nan bicia matus ou nós tan.

Utru kussa tan I falta di luz ku iagu. Kuma CIABIS fala I ka tené gasol. Mas di um sumana dja ku Bssau sta na sucuru suma dinoti. Iagu ta dati nan I bim mandrugada. Aonti li na casa otcha iagu bim volta di uma hora di mandrugada no pará bacias, baldés, canecas, cassrolas, tatchas, bidons, putis, garafas….. Son pa racada iagu.

Nhu Ndjenher Dimingo di Farim cu Nhu Jomav di Kalequisse dia cu bo toma terra son na mon di djintis di kambança bo patinu iagu cu luz. Forti kansera.

Um nha amigo falam nan kuma pa no randja tanqui no bai bata kata iagu na Cantchungo. Itchiga kila.

Tchuba ieri ieri kil dia anti di resultados contadu. Ma I keta inda. Talbéz tan djintis di Bufá cu maral ou nós tan I djintis di Karaban. Té gossi I ten djintis kuna panga kassa inda, utrus kunsa nan na pui assina na kassa.

Ami mé nta rassa és dias na pidi:

Deus nô papé anós tudu, djudanu pa terra fria, pa djintis ku pui dianti pa é tené sintidu na lugar, pa i kumpu terra, pa é danu luz ku iagu, pa mafé ten na feras di Guiné, pa pis baratu pabia u pul ampagai na no mar.

 

És son ki nha dissidju!

Mantenhas

MB

Nota do Editor: Este texto foi escrito em crioulo guineense e com esta rúbrica, a GBissau pretende promover também o valor literário do crioulo da Guiné-Bissau. Todavia, o seu conteúdo é da inteira responsabilidade do seu autor.

 

5 Responses to Nô Kriol: “Nóbas di Terra” – Krónicas di Mussá Baldé

  1. Maquilo jamanca diz:

    caro Mussa Balde,
    queria lhe parabenizar pela froma original e fantastica como escreve o nosso querido Kriol, que incentiva a valorizacao do nosso dialecto e que mostra que ele tambem tem todas as condicoes necessarias para ser oficializada como lingua de trabalho no nosso país e o senhor Mussa Balde tem contribuido para lançamento de bases pra que Kriol seja uma lingua oficial na Guine Bissau sem ofuscar o portugues. continue este profissionalismo com que escreve «nô kriol» e desejo-lhe muitas felicidades!

  2. Mussa Balde diz:

    Nha ermons, abos tudu ku ta pirdi tempu na lei kussas kun nta scribi li na fala bós ntené bós na corson. Abós i di mi ami i di bós. Nha ermon garandi Umaru Djau pidin pa nbata scribi na kriol nseta, nseta ma pensando na bós. Sempre ku mpudi na scribi kussas di no tchon.
    Paz pa bós tudu

  3. Domingos mula ca junior diz:

    nha hermon es bu kombersa ta dissano feliz na es parti di mundo nunde ku racismo ta kansano, es bu palavras ta punu ri, um bocadu pa Deus dau força pa bu continua escribi pa nos.. obrigado

  4. Mauricio Amin diz:

    Querido Mussá Baldé, talvez para Te escrever Kriol e um divertimento para me e um aprendizado, por isso estou copiando os seus textos para trenar, ao meu intender para que uma pessoa afirmassem com grande orgulho só Guineense, seria importante saber falar e escrever o Kriol. Hoje sabemos Mamãe Guine têm filhos que falam: Krio-port, krio-espa, krio-fran e assim por diante). falando de krio-fran faz me lembrar de Ex deputado de FLING Kamcola Mendes.

  5. sandra soares diz:

    Parabens mussa
    Pa Deus dau forca pa bu continua facino fia na no guine, tem pacenca palmite mas facil tici de cantchungo de ki tanqui de iago…. Bu scribe criol sabi suma ‘descurso acucarado de falecido presi’ alias palavras de Umaro….lol
    Forca amigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.