Ministros da Defesa da CPLP renovam promessa de apoio à Guiné-Bissau 

Lisboa (Angop, 26 de Maio de 2014) – Os ministros da Defesa da CPLP renovaram hoje, a promessa de contribuírem para a consolidação do processo democrático na Guiné-Bissau.

Em conferência de imprensa conjunta, no final da 15ª reunião dos ministros da Defesa da CPLP, em Cascais, arredores de Lisboa, o ministro português da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, disse que a organização “renovou o compromisso de contribuir para a consolidação do sistema democrático na Guiné-Bissau”.

Outro interveniente na conferência de imprensa conjunta foi o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, que defendeu ser ideal uma operação concertada da CPLP na Guiné-Bissau, com o objectivo de responder às necessidades de reforma do sector de segurança naquele país.

“Timor-Leste está em posição de ajudar a Guiné-Bissau por possuir uma certa experiência pelo facto de ter vivido um conflito prolongado a seguir ao qual foi necessário desmobilizar as forças armadas”, afirmou Xanana Gusmão, que elogiou ainda a “coragem dos actuais líderes do país que estão imbuídos de vontade de mudar o rumo dos acontecimentos”.

Por sua vez, o ministro brasileiro da Defesa, Celso Amorim, garantiu o apoio do seu país na modernização das forças armadas da Guiné-Bissau, habilitando-as, sobretudo, para o combate do narcotráfico.

One Response to Ministros da Defesa da CPLP renovam promessa de apoio à Guiné-Bissau 

  1. Mauricio Amin diz:

    A esperança começo se desenhar,espero que estas palavras saem de papel para se tornarem uma realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.