Guiné-Bissau: UNIOGBIS doa equipamento anti-distúrbio à POP

Bissau (PNN, 27 de Junho de 2014) – A unidade Anti-distúrbios da Policia de Ordem Pública (POP) vai receber esta terça-feira, 1 de Julho, pelas 10 horas, na sede do Gabinete das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) uma doação de 50 conjuntos de equipamento anti-distúrbios.

Entre os referidos materiais estão escudos, capacetes e cassetetes, que serão atribuídos à POP no âmbito da última fase da formação sobre segurança eleitoral, implementada pelo sector do Estado de Direito e Segurança de Instituições (ROLSI), através do Fundo para a Consolidação da Paz (PBF), no valor de 240 mil dólares.

A formação básica de dois dias para o uso destes equipamentos terá lugar nas primeiras duas semanas de Julho, no centro de formação do CENFA, para 60 funcionários da unidade, incluindo oito mulheres nos batalhões das Unidades de Intervenção Rápida da POP.

Todos os efectivos se encontram estacionados em Bissau, desenvolvendo o serviço de acordo com a legislação nacional para o controlo de multidões/ segurança, para eventos de alto nível ou em resposta a situações de choque.

Esta doação e formação completam o projecto para «Fortalecimento da segurança no período eleitoral no país, cobrindo todas as regiões», implementado pela Unidade de Polícia das Nações Unidas (UNPOL) com financiamento do PBF, que incluiu várias fases de formação para cerca de 1.300 polícias e militares, no que diz respeito às leis constitucionais e direitos dos cidadãos da Guiné-Bissau a terem eleições livres, justas e transparentes, de acordo com o mandato da missão das Nações Unidas e a visão do Representante Especial do Secretário-Geral da ONU, José Ramos-Horta, para o retorno à ordem constitucional – resoluções 2048 (2012) e 2103 (2013) do Conselho de Segurança.

Previamente, como parte deste projecto, o UNIOGBIS doou 100 bicicletas e 25 motorizadas, entregues às autoridades nacionais responsáveis pela aplicação da lei, para melhorarem a sua capacidade de atender às necessidades das comunidades, com meios de transportes adicionais. Foram ainda atribuídos dois mil livros de bolso detalhando o Código de Conduta para polícias e militares durante os processos eleitorais, impressos e distribuídos aos efectivos em todo o país.

A parceria entre as instituições judiciais, as autoridades nacionais, o UNIOGBIS e o Fundo de Construção da Paz tem sido bem-sucedida e a missão espera poder continuar a cooperar para o desenvolvimento da segurança sustentável e o bem-estar em toda a Guiné-Bissau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.