Aberto oficialmente ano lectivo nas escolas públicas da Guiné-Bissau

Interior de uma escola da Guiné-Bissau

Bissau (Angop, 14 de Outubro de 2014) – O Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, presidiu à abertura oficial do novo ano lectivo nas escolas do Estado, anunciando uma série de reformas para a melhoria do setor de ensino.

Domingos Simões Pereira apelou à participação de todos, sindicatos, pais e encarregados de educação, alunos e parceiros, para a execução das reformas, afirmando que o governo vai trabalhar para que todos os alunos possam ter uma peça de identificação pessoal e acesso a “pelo menos uma refeição diária” adequada.

O chefe do executivo quer que os ministérios da Justiça e Educação acionem um plano de registo móvel para a população em idade escolar, para que todos possam ter bilhete de identidade e, ao dirigir-se à ministra da Educação, Odete Semedo, recomendou a reintrodução das disciplinas da Moral e Ética no currículo escolar, frisando que, no passado, essas matérias “eram a essência da sociedade”.

Simões Pereira revelou que o governo vai “ter em conta uma boa dotação orçamental” para o setor da Educação. Nos últimos cinco anos, por motivo das greves dos professores, as escolas do setor público raras vezes abriram suas portas em outubro, mas sim em dezembro ou janeiro.

One Response to Aberto oficialmente ano lectivo nas escolas públicas da Guiné-Bissau

  1. Adulai diz:

    Obrigado Sr PM e ME, a Guine possa so desenvolver com planos concretos. Que Deus vos da muita saude e dabedoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.