Presidente da ANP, Cipriano Cassamá, acusa imprensa de deturpar suas declarações

Polémica entre Cipriano Cassamá e Geraldo Martins à volta de subsídio aos deputados da ANP

Bissau (GBissau, 13 de Novembro de 2014) – O Presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP), Cipriano Cassamá, reagiu à informação veiculada por alguns meios de comunicação social e disse que os deputados pertencem a um órgão soberano e estão trabalhar em estreita colaboração com o Governo.

A reacção do chefe de Parlamento vem na sequência do desentendimento verificado na passada segunda-feira, dia 10 do corrente, na sessão plenária, quando na sua intervenção pediu a demissão do Ministro da Economia e Finanças, Geraldo Martins.

Cipriano Cassamá justifica a sua posição pelo facto de o governante ter supostamente endereçado uma correspondência à Mesa da ANP a falar de pressão para aceitar que havia condições no Orçamento Geral do Estado rectificativo de 2014 para suportar a dotação orçamental da ANP.

Numa entrevista recente com a RDP-África, Cipriano Cassamá nega ter exigido o aumento salarial aos parlamentares guineenses. Em causa, de acordo com ele, estar em causa o aumento de subsídios dos parlamentares e acomodação de um plano de acção no Orçamento Geral do Estado. De acordo com a ANGOP, Cassamá refuta ter exigido do Governo aumentos salariais de 100%.

Ainda de acordo com uma notícia hoje divulgada pela ANGOP, Cipriano Cassamá disse ter recebido, esta quinta-feira, pedidos de desculpa por parte do ministro das Finanças e do da Presidência do Conselho de Ministros na sequência da polémica sobre o orçamento do parlamento, noticiou a Lusa.

Cassama, que falava na abertura de mais uma sessão plenária do parlamento, disse que o governo “compreendeu as posições dos deputados” e pediu desculpa pelo “mal-entendido”, que disse ter sido criado “pelos inimigos do parlamento”.

Para o presidente da Assembleia Nacional guineense “tentou-se crucificar” os deputados numa polémica que disse ter sido criada pela imprensa e alimentada pela opinião pública “inimiga dos parlamentares”.  

4 Responses to Presidente da ANP, Cipriano Cassamá, acusa imprensa de deturpar suas declarações

  1. Baldé diz:

    Que vergeonha!!! Que vergonha!!!!Que vergonha!!!!

  2. Salupeto Pena diz:

    Agora está, o dito por não dito. Que vergonha, o Ministro da Finanças não invetou nada contra os parlamentares, ele limitou-se a mostrar que não seria possível pensar em diamante num contexto de ferro.

  3. Arafam diz:

    Este governo de DSP também nem parece um governo legitimo! como é possível pedir desculpa a um presidente de Assembleia inconsciente que nem sabe onde está nem onde quer ir??? o governo veio ao publico pedir desculpa?? mas desculpa do que?? sera que este governo está consciente do ele está a fazer?? devia ser ao contrario a própria assembleia a pedir desculpa ao Governo pelo transtorno provocado pelo dito aumento de Salario e demais um falso pedido de demissão de Ministro das finanças lançada pelo Presidente de Assembleia de uma forma ilegal…
    cumprimentos

  4. BISSAU BEDJO diz:

    ES I DI PURTCHI

    TTTTTTTTTCCCCCCCHHHHHHHHHIIIIIISSSSSSSSSSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.