Guiné-Bissau: China oferece materiais militares à defesa nacional

Bissau (Gabinete de Imprensa do primeiro-ministro, 5 de Maio de 2015) – Esta terça-feira, 5 de Maio,  no Salão Nobre Francisco Mendes, do Palácio do Governo, teve lugar uma cerimónia de assinatura do Protocolo, entre o Ministério da Defesa Nacional da República Popular da China e o Ministério da Defesa Nacional da Guiné-Bissau.

O referido ato foi presidido pelo Chefe do Governo, Sr. Domingos Simões Pereira e contou com a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades, bem como dos conselheiros do Primeiro-Ministro e de altas patentes militares.

Este acordo de oferta de materiais avaliado em 20.000.00, (vinte milhões) de yuan (moeda chinesa), foi rubricado entre a Ministra da Defesa Nacional, Sra. Cadi Seidi e o Embaixador da China, Wang Hua.

O donativo contempla diversos materiais: da secretaria, computadores, projetores, mobiliário de escritório, jeep Militar, motas, mimi-autocarro e ambulância. Segundo, o embaixador chinês trata-se de “uma amizade de coração, não só histórica, não só que nos permite lembrar alguns anos de combatentes. Era a independência! É uma amizade que nos permitir fundar uma nova base  material, para materializar os sonhos de Mao Tse Tung  e de Amílcar Cabral.” 

A Ministra da Defesa disse que “o Protocolo ora assinado visa reforçar a capacidade institucional do nosso governo, mas sobretudo do Ministério da Defesa Nacional, por forma a cumprir de forma responsável a missão que lhe é incumbida.

Para o Primeiro-Ministro “é mais um ato de demonstração de amizade, com o apoio incondicional da República da China para com a Guiné-Bissau… os donativos que foram aqui anunciados são sempre muito importante.” São “ instrumentos que vão não só melhorar o desempenho do ministério tão importante, que é o Ministério da Defesa Nacional…”, sendo “um contributo inestimável para o esforço que hoje desenvolvemos, no sentido de criação de condições de estabilidade de Paz para o desenvolvimento.”

 

Bissau, 04 de maio de 2015

Carlos Vaz

/Conselheiro para a Comunicação e Informação/

3 Responses to Guiné-Bissau: China oferece materiais militares à defesa nacional

  1. ture Baçiro diz:

    Parabens

  2. etu diz:

    armas, matérias militares, para quê??? se já sem matérias andamos sempre em golpes, violências e matanças provenientes dos militares e, agora com equipamentos e armas modernos… isto seria mais uma complicação ao processo da consolidação da paz em curso do que uma ajuda..
    Deus nos salvai!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.