Cidade de Bafatá já tem uma praça de Internet livre

Bissau (Gabinete do primeiro-ministro, 1 de Junho de 2015) – No dia 31 de maio, com um sol a escaldar, com o apoio da ARN, na Praça Amílcar Cabral,  onde foi instalada através de um wi-fi, também é inaugurada à Praça de Internet Livre.

Através do diretor-geral da operadora MTN, todos os presentes foram convidados a experimentar a rede.

Em seguida, interveio o Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações, João Vieira, que parafraseando Pereira, disse: Bafatá não podia ser segunda cidade só de nome; esta é a terceira Praça de Internet Livre a ser inaugurada; antes do fim-do-ano pretendemos abrir outras; o desenvolvimento começa nas regiões e a internet é uma dessas expressões, que promove o intercâmbio entre os povos, convido todos os jovens e anciãs para a usarem-na de forma correta.

Ao fechar a cerimónia, o Primeiro-ministro começou por elogiar o empenhamento do governador da região, enfatizando de que à abertura da Praça de Internet Livre, não obstante, ser um ato simbólico, tem um valor muito grande, pois demonstra de que não somos só nós, enquanto governantes, mas também os nossos parceiros levam as coisas sérias.

Isso nos encoraja, motiva e inventiva a sentirmos de que temos de facto companheiros de caminhada, que é necessário para podermos enfrentar o desafio, que temos…” à frente. A internet não pode ser vista como uma coisa de luxo”, remata.  Termina fazendo enfâse, de que é possível trabalhar-se juntos, como acontecerá entre as três entidades promotoras: ARN, MTN e a Secretaria de Estado dos Transportes e Comunicações, que é uma demonstração de interação positiva.

 

Bissau, 1 de Junho de 2015

Carlos Vaz

/Conselheiro de Comunicação e Informação/

 

2 Responses to Cidade de Bafatá já tem uma praça de Internet livre

  1. mamadu djau diz:

    obrigado pelo vossa trabalho que vcs entao a fazer dia a dia

  2. SULEIMANE BALDE diz:

    VIVA NHA TERRA MALAM SANTIM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.