Guiné-Bissau: Mário Lopes da Rosa proibido de sair do país

  • Mário Lopes da Rosa, Ministro dos Negócios Estrangeiros, impedido de sair do país
  • Tomás Gomes Barbosa, Secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desportos,  ouvido no Ministério Publico
  • Idelfrides Fernandes, Secretário de Estado da Cooperação e das Comunidades, já tinha sido detido
  • Domingos Simões Pereira, primeiro-ministro, diz estar confiante na justiça

Bissau (RFI, 10 de Julho de 2015) – O chefe da diplomacia guineense, Mário Lopes da Rosa, foi proibido de se ausentar do país por investigacões sobre o alegado envolvimento em venda de licenças e carregamentos de peixe durante o governo de transição.

Ao ex-titular das Pescas, Mário Lopes da Rosa foram aplicadas medidas de caução em mais de 100 milhões de francos CFA.

Fontes da Procuradoria Geral da República revelam que o Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação e das Comunidades foi ouvido ainda esta terça-feira no Gabinete de Luta contra Corrupção e Delitos Económicos.

Mário Lopes da Rosa, segunda as fontes, foi solicitar a devolução do seu passaporte para uma missão no exterior. O Ministério Público retirou ao ministro Lopes da Rosa o passaporte diplomático, tendo-o proibido de se ausentar do país. Foram-lhe aplicadas também medidas de caução económica em mais 100 milhões de francos CFA.

As fontes do Ministério Público dizem o Chefe da Diplomacia é investigado no caso de atribuição de licenças de pesca e descarga de pescado durante o governo de transição.

Também o Secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desportos, Tomás Gomes Barbosa, foi ouvido no Ministério Publico por alegado descarregamento de peixe mal parado quando exercia funções de Secretário de Estado das Pescas no Governo de Carlos Gomes Júnior.

Isso depois do Secretário de Estado da Cooperação e das Comunidades, Idelfrides Fernandes, ter sido detido por algumas horas, na sequência das investigações sobre a alegada venda de passaportes diplomáticos e de serviço, também no período de transição.

Uma situação preocupante comentada pelo Chefe do Governo durante as celebrações do primeiro aniversário do executivo. Domingos Simoes Pereira fala em 12 membros do governo já convocados no Ministério Público. O chefe do governo afirma-se confiante na justiça numa altura em que já se fala em remodelação governamental.

 

31 Responses to Guiné-Bissau: Mário Lopes da Rosa proibido de sair do país

  1. BISSAU BEDJO diz:

    CADA DIA QUE PASSA, ESTAMOS A PERDER COM O RUMO.
    ESPERO QUE O NOSSO CAMARADA REFLITA QUE GOVERNAR UMA NACAO NAO Ë IDËNTICO COM SECRETARIO EXCECUTIVO DE UMA ORGANIZACAO.
    MAS VOU COPIAR UMA OPINIAO/RECADO DE UM ILUSTRE CIDADAO: “…o que está a conduzir-me para um doloroso sentimento de decepção, com o enorme potencial dirigente que nele existe – essa sua espiral teimosia, em manter no Governo, elementos suspeitos de corrupção, não por via dos famosos boatos, mas sim, formalmente indiciados pelo Poder Judicial.
    Vamos ao caso mais mediático:
    Idelfrides Fernandes, Secretário de Estado das Comunidades, suspeito de envolvimento directo, no tráfico de passaportes diplomáticos e de outros tipos, foi alvo de investigação, cuja as primeiras conclusões levaram a sua detenção para interrogatório, donde depois de horas, saiu, pagando uma certa quantia monetária como caução, com obrigação de apresentar periodicamente às autoridades competentes para o efeito. No momento da referida detenção, estava o Primeiro-Ministro, Domingos Simões Pereira, em Roma, onde abordado sobre o assunto, disse, basicamente, confiar na Justiça. E uma vez em Bissau, logo no aeroprto, voltou a ser confrontado pelos jornalistas, contra-diz, alegando necessitar de mais elementos, para só depois decidir a questão da manutenção no Governo, ou não, do seu Secretário de Estado das Comunidades.
    Mas afinal, o Primeiro-Ministro, Domingos Simões Pereira, fora do país, confiou no Poder Judicial, e ao regressar, num ápice, deixou de confiar?
    Nos casos de género, com fortes indícios criminais, de que elementos mais, deve precisar um Primeiro-Ministro, para tomar uma decisão política?
    Será, o Primeiro-Ministro, parte do Poder Judicial, para precisar de informações detalhadas, sobre os resultados de umas investigações?
    Valerá, assim tanto, hipotecar fase muito importante de uma carreira política promissora, em defesa dos mais influentes no partido?
    Se as consequências judiciais esperam por uma condenação do tribunal, para serem de facto, punitivas, as consequências políticas, depressa começam a produzir danos, irreversíveis.
    Numas declarações durante a conferência em comemoração do primeiro aniversário da governação, o Primeiro-Ministro, Domingos Simões Perereira, falou, inoportuno, numa lógica de direito à presunção da inocência para todos, lembrando nas entrelinhas um momento particular, em que insinuou, fingindo confiar na manobra dos golpistas, naquela tentativa frustrada, de negar ao cidadão José Mário Vaz, o direito de candidatar-se às funções de Presidente da República, se bem que na altura, depois de todas as diligências acusatórias e defensivas concluidas, veio ao público uma voz autorizada, esclarecer que não havia nada impeditiva. E mais. O cidadão, José Mário Vaz, ainda teve de passar pelo complicado crivo do seu partido, PAIGC, para depois de tudo, habilitar-se plenamente, como um dos candidatos à Presidência da República. Portanto, não serve esse argumento para ilibar o seu Secretário de Estado das Comunidades, sendo que, este está em funções, enquanto pende sobre ele, uma grave suspeição de crime, por um tráfico, que põe em causa, não só, a segurança nacional, mas também, a credibilidade das nossas instituições, nas relações de cooperação com os nossos parceiros de desenvolvimento”

    ESPERO QUE A GUINE-BISSAU NAO Ë UM CLUBE DE MANDJUANDADE, CHEGOU A ALTURA DE CADA UM ASSUMIR AS RESPONSABILIDADES PARA QUE FOI ELEITO.

  2. Bobiry diz:

    Finalmente alguem com coragem, comecou a por ordem judicial na Guine-Bissau. Parabens! E’ hora para desmascarar pelo menos parte de governantes corruptos impunes de sempre. Corqgem aos investigadores, tem todo apoio do povo guineense.

  3. ture baçiro diz:

    Eu acredito em a justíça guineenses.
    Todos suspeitos vai ser deitudo até quando vamos acabar de clarecer as coisas. É por-isto que eu dis no meu passado comentário para trocar todos antigos e meter os novos porque antigos todos são gatunos deculpa pela espresão.

  4. ture baçiro diz:

    Corangem para investigadores

  5. Olho de Hórus diz:

    Conversa para o boi dormir, como dizem os brasileiros! Vocês mesmo acreditem que um dia, esses safados, vão ser julgados na Guiné-Bissau? Eu não acredito. Esse é mais uma dança do PAIGC!

    • Max diz:

      Concordo com você, é apenas resultado da guerra e protagonismo interno no PAIGC (grupinho JOMAV x grupinho DSP), e grupinho JOMAV está em vantagem com seu procurador! Deus liberte o povo do maldito PAIGC!

  6. MSUBA YALLA diz:

    FALTA O SR FERNANDO VAZ,TODOS OS GOVERNOS DE TRANSIÇÃO ELES DEVERIA SER OUVIDOS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

  7. Nené diz:

    Há que acabar com a impunidade e a cultura de desvios e de todos os tipos de trafulhices implantada na guiné. Esses bandidos deviam pôr os cargos a disposiçao do PM e deixarem de infectar o governo. O DSP tem que tirá-los do governo para nao contaminarem os membros honestos do governo.
    Agora temos conjuntura favorável ao desmascaramento desses bandidos à solta. Força PROCURADOR, locoti tudu sussudadi! Limpanu terra! Povo sta cu bó i cu bu equipa. Deuss na djuda bóss. Ca bó medi nada!
    Guiné-Bissau na protege bóss! Força e Saúde!

  8. lenine semedo diz:

    A nossa justiça esta de parabens estes sao sinais claros de que as coisas tem que mudar,seja quem for e quem fosse a lei é que manda nao as pessoas as instituiçoes sao do povo e nao dos corruptos que nao herdaram nada como eu e agora luxam do bem comum,congratulo me com a Justiça a 1000%

  9. Max diz:

    Agora falta nhô JOMAV, arguido por desvio de mais de 12 milhões de dólares quando ministro das finanças!

    • guine diz:

      nao é bom argumentar as coisas infundadas, devemos ter a prova certa, JOMAV esta pronta para responder a justica em qualquer hora e minutos que sera chamado pela justiça ou ministerio Publico. Vai chegar

      • Max diz:

        Se tu não morreres, com certeza vaia assistir o julgamento e condenação do JOMAV, por desvio dos nossos 12 milhões de dólares! Isso tem que ser feito pra dignificar os cargos públicos.

  10. lavoje Domingos diz:

    A JUSTIÇA TEM MOSTRAR SERVIÇO QUE O POVO VOLTA ACREDITAR
    QUE GUINE NÃO E DE UM PARTIDO NÃO E DE QUALQUER PESSOAS, QUE O PAIS E DE TODOS OS GUENEENSES E DEIXA BEM CLARO PARA OS GOVERNANTES E ADMINISTRADORES PUBLICO E PRIVADO QUE O SETOR DE JUSTIÇA NÃO VAI TOLERAR FRAUDES E TODOS OS CRIMES ORGANIZADO NO PAIS

  11. Anónimo diz:

    É meu amigão só falta o Super Jomav mas acredito que um dia ele também será preso porque está envolvido sim .

  12. D.C.washi diz:

    Que deus bencoa a Guiné Só posso dar parabéns a esse Governo sem esquecer a cortagem e a determinação de presidente Jomav. Guiné-bissau precisa de filhos como ele

  13. Fernando Quitaqueia diz:

    É melhor para que um país funciona na justiça.

  14. guine diz:

    É lamentável e muito vergonhosa que a Ministra da saúde Publica da Guine Bissau vem convocar só uma imprensa TGB no passado dia 03/07/2015 para falar dos resultados alcançados ao longo de 12 meses a testa do Ministério da saúde publica.
    Custa acreditar
    Ao longo de 12 meses disse a Ministra cito:

    1º. Consegui controlar a epidemia de ebola que esta no país vizinho “fim da citação”

    Sera que não tem mais outros resultados a apresentar ao País?

    Atenção, 12 meses nao sao 12 dias nem tão pouco 12 horas ou 12 segundos

  15. guine diz:

    CREDIT

    NUIDADE,

    QUE PASSA NO CECOME? MAS UMA QUEIMANÇA QUE DESTRUI MATERIAIS INFORMATICOS INCLUINDO O SERVIDOR DA MESMA INSTITUIÇÃO. os custos de todos os equipamentos estragados se revela num montante de 300.000 Euros

    o quê da directora ou seja da Ministra da tutela?

  16. Gabu Sara diz:

    Caso seja verdade e se se confirmar (pelo tribunal) tudo que vem aqui escrito, é muito simples aquilo que se deve fazer! Depois de analisada quanto ganhava cada uma das personalidades, fazer o seguinte:

    1º- Retirar-lhes todos os bens materiais que possuem tanto no país como no estrangeiro e vendê-los em leilão para poder devolver o dinheiro ao estado! Se houver “troco” devolve-se a pessoa!

    2º- Puni-las conforme a LEI manda sobre casos de CORRUPÇÃO ATIVA, ABUSO DE PODER, USO INDEVIDO DO ERARIO PÚBLICO, etc.!

    3º-Proibi-las (estas Pessoas), até o fim da vida delas, de exercerem FUNÇÕES PÙBLICAS !

    Se for necessário aplicar mais medidas, melhor ainda para o País e o Seu POVO! Pois estas medidas servirão para MORALIZAR A FUNÇÃO PÚBLICA e não só!

    Por outro Lado, queria perguntar o seguinte:

    1º- Só estas pessoas que estão no Governo do DSP é que estiveram envolvidas em actos de corrupção durante a transição?

    2º-Quê dos outros elementos do Governo de Transição?

    3º-Onde estão aquelas pessoas (ou os seus MANDANTES) que iam as portas de APGB,EAGB, ALFANDEGAS e em todas as repartições das FINANÇAS buscar (roubar) dinheiro?

    4º- Onde estão aqueles que faziam, durante a TRANSIÇÃO, a DESCARGA e VENDA de DROGA?

    5º- Onde estão aqueles que DURANTE a TANSIÇÃO VIOLARAM (e de que maneira!) ABUSIVAMENTE OS DIREITOS HUMANOS?

    6º- A justiça só irá funcionar para aqueles que estão no Governo? E para os outros?

    7º- A justiça só funcionará para os civis?

    8º- Que critérios estão a ser utilizados para se fazer justiça?

    Estas são as perguntas que a maior parte da opinião pública gostaria de ver esclarecidas! Pois não podemos e nem devemos ter uma JUSTIÇA COM DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS!

    Que Deus nos Abençoe!

    • Max diz:

      Cadogo e JOMAV estiveram envolvido na corrupção, no governo de próprio Carlos Gomes júnior. Desviaram mais de 12 milhões de dólares do povo guineense. Ademais, superfaturam a compra de duas carcaças de barco, quem logo pararam na lama do cais de Bissau, para depois morrerem dezenas de cidadão na travessia Bissau-Bolama a canoa! Lembra nhô GabuW heheheheheheh

  17. Nuelson diz:

    Será que o corajoso do ministério público teria a ousadia de indiciar o Presidente da República? Espero que pudessemos chamar isso de justiça e não injustiça.

  18. VensamGomes diz:

    O ministerio publico, Ordenou a detensão do ex- secretario de estado da cooperação e das comunidades “Idelfrides Fernandes” no caso de alegedas envolvimentos das vendas dos passaportos nacional aos cidadãos estrangeiro “Chinéses” e também a venda do pais! Mais uma vez, foi ouvido pelo ministerio publico, o ex-secretario de estado da pesca no antigo governo de Carlos gomes o actual secretario de estado da juventude,cultura e desporto, Sr. Tomas Gomes Barbosa, no alégado envolvimento na coorupção de descarregamentos dos peixes no estrangeiro, quando exercia essa função no governo de Carlos Gomes.
    – o minitro de negocio estrangeiro,” Mario Lopes da Rosa” do actual goveno, de Domingos Simões, foi impedido à sair no pais por envolvimento do caso da coorupeção das vendas licenças e descarregamento dos peixes aos cidadãos estrangeiros! Na base criar o seus escritorios no estrangeiro, nos fins lucrativo de servir os bens publicos aos seus bens familiares!
    Como o ministerio publico têm denunciado varios casos e também os individos que estam envolvidos neste traficos dos bens publicos aos bens familiares! Eles devem ser punidos com a penas do capital dos bens adiquiridos! Séja no estrangeiros, assim como na Guiné bissau. E mais 10 anos de cadeia maxima! Estes tipos estam envolvidos no atrazo economica e também no desenvolvimento do nosso pais “Guiné bissau”! Todos os envolvimentos nos casos da coorupçãos devem ser ponidos na mesma via de penas da capital e sem direito de aucentar no pais. Todos os que estão no estrangeiro devem ser caputrados à serem ouvidos no tribunal internacional. para serem ouvidos e condenados também penas do capital de igual modo como os outros. Por que estes tipos também estam envolvido no atrazos economico e o desenvovimento do pais por varias decadas!
    Para alem deste individios publicado pelo ministerio publico ainda, hà outros 12 indevideos suspeitados no envolvimentos de servir os bens publicos.
    Mas, nesta conduta de àgua salgada que alastrou pais jà mais de quarenta décadas, estou muito confiante pela justiça de nova dinamica. Na luta contra as coorupções! Por que sei muito bem, não é facil um pais, que viveu tantos e tantas décadas à base das ditaduras de grandes invergaduras férrois. Num curto prazos resolver os problemas internos éxistentes no pais! È nécessario um espaço de tempo muito alargado, nas resolusões dos problemas internos no pais!

  19. BISSAU BEDJO diz:

    ANOS TUDO NO MATI DIDIA WAN. I FALADU KUMA, JOMAV KA DIDI CANDIDATA PAPIA I TENE PROCESSO.
    DJINTIS KI GUINE-BISSAU FIANCA NEL KUMA I DUTURUS, Ë FINKA PÊ, KUMA JOMAV KATEM KULPA.

    DISKUTI DISKUTIDO TË NA DIA KI JOMAV FALADO PASSA DIANTI, ABO I MINDJOR FIDJO DI TERRA KI PUDI FIRMA PA TIRA GUINË NA DESESPERO.

    KAMPANHA TCHIGA, PAPIA PAPIADO, POVO FALA NAAAAAAAAO. JOMAV KILA NO KUNCIL I HOMI DI PALAVRA.
    NONA VOTA NEL PA I KABA KU TUDO MALANDRISSA NA TERRA.

    GOSSI GORA I KUMA?????? GOSSI GORA I KUMA??????

    ANTA BO PENSA BONA DUDISSI POVO? ABOS KINA DUDU, POVO KILA NA SINTA I DJUBI TARBADJO DI JOMAV DI POVO.

    KUMA DIA TA TARDA TË MA ITA TCHIGA.

    INA LIMPU PUS SUMA LABA DI FULA.

    CADOGO NA KURRI NAM TË, MA INA RIBA PA I BIM IXPLIKA POVO, KIM KI KUMË 12 MILHOES.

  20. PCS diz:

    eu acredito que é mais uma armadilha para disestablisar o governo purque se cremos a propria dita justiça o numero a investigar sera o proprio PR. purque na GB.sabemos tudo o que se passa, ha pessoas que desde erra de CGJ.roubarão o errario publico. a justiça tinha que comessar na presidencia purque muita gente ha investigar no proprio palacio da GB.

  21. Timenty diz:

    Anós Guineenses, no ta fica tudu hora, na pidi Deus, no governantis, PA JUSTIÇA FIRMA NA PAÍS. gosi justiça kumsa na funciona, no na kumsa blá blá blá…
    Só pabia, PGR ta numiadu pa PR.

    I ka tem ni Deus ku pudi intindinu.

  22. joão correia diz:

    Ola!
    A maioria de comentários visa defender pessoas queridas, mas a Guiné Bissau devia ser mais querida que todos.

    Não gostamos da verdade. Mas, se vamos começar a investigar os casos mais recentes para depois vasculharmos os do passado, onde estão os chefes da transição?

    Alguém acredita que existe funcionários público e ex-governantes que não roubaram aquele país? Que tal dos nossos Juízes e Magistrados e outras pessoas do Ministério da justiça?

    Força e começam onde quiserem mas, de momento, eu não acredito e nem confio neste tipo de justiça. Também alguém já disse que o lugar é para nova geração porque, acredito que os do passado estão todos sujos pelos bens que apresentam…

    Vamos deixar de defender pessoas mas sim, devemos trabalhar para a Guiné Bissau.

    Força!

  23. Iauca Seidi diz:

    Os governantes devem seguir o exemplo de BOTCHE CANDE,sem culpa deixou o governo ,para mostrar a sua integridade,porque ele caiu numa cilada por pessoas que estavam contra ele.Esses governantes devem demitir-se ou o Primeiro Ministro de-miti-los.

  24. guine diz:

    djintis tem ke sibi kê kê misti na Guine Bissau, JOMAV dianti so no bai

  25. Alexandre da silva diz:

    estou muito de acordo com PGR porque de facto ,eu não sou contra ninguem mas o que é verdade há uma enorme escandalo de corupção.Espero que a o ministerio publico não acaba so por aí, gostaria que continuasse para todo o tempo.
    As pessoas que cometeram os erros no passado devem ser chamados ao justiça para prestar a conta dos erros.

    So assim ku mama guiné pudi sai di koba.

  26. carlos dju diz:

    Esta é a justiça que queremos para o nosso país? Isso não justiça, mas sim perseguiçao política. Onde é que estavam os ditos magistrados que agora acusam alguns membros do governo de DSP? Se eles cometerem estes crimes ha muito tempo. Algo nao esta bater certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.