PGR pede levantamento de imunidade parlamentar de seis  deputados

Bissau (ANG, 22 de Julho de 2015) – O Procurador-geral da República (PGR) pediu ontem, terça-feira, o levantamento da imunidade parlamentar aos deputados com problema na justiça para que os mesmos possam ser ouvidos, e solucionados os seus problemas por via da lei.

A informação foi revelada à imprensa pelo Procurador-geral da Republica, Hermenegildo Pereira à saída da audiência com o presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá.

Pereira disse que Cipriano Cassamá demonstrou a sua disponibilidade total  de  colaborar com a justiça.

“Estamos tranquilo pelo pedido que estamos à fazer, porque estamos simplesmente à fazer o trabalho na base da lei com a finalidade de desenvolver o país”, afirmou Hermenegildo Pereira.

Questionado sobre a recente declaração PAIGC segundo a qual  o Ministério Público está a perseguir o actual executivo,o  Procurador-geral respondeu que não viu nenhum tipo de perseguição.

Pereira disse que a Procuradoria está   a fazer   o seu trabalho com base na legalidade e isenção.

Acrescentou que, a instituição que dirige não tem motivos  para perseguições de qualquer pessoa no país e que as declarações do advogado do ministro dos Negócio Estrangeiros, Carlos Pinto Pereira é totalmente diferente  do que esta no processo, sublinhando que cabe cada um fazer o seu trabalho com base na lei.

“Nos nunca baseamos na política para fazer o nosso trabalho. Fazemos tudo na base da lei. O Ministério Público existe para a resolução dos problemas que afectam a comunidade sem qualquer tipo de distinção, mesmo sendo governante ou não a lei é feita para ser comprida sem excepção”, disse o Procurador-geral da Republica.

São  seis os deputados com casos na justiça e que precisam ser ouvidos pelo Ministério Público. De  acordo com as normas, para ouvir um Deputado na justiça a sua imunidade parlamentar deve ser levantada. Entretanto, os nomes dos visados ainda não foram revelados.


ANG/AALS/SG

7 Responses to PGR pede levantamento de imunidade parlamentar de seis  deputados

  1. Valerim Nhaga diz:

    Já é um bom sinal. É bom que as pessoas sintam a presença do Estado. Ninguém está acima da lei. Quem errar, deve ser castigado, seja quem for. Só assim que o país possa sair do “status quo” e desencorajar de uma vez por toda as más práticas.

  2. flavio diz:

    pgr deve ver bem o que tá a fazer.
    os que estão debaixo do pr o que senhor espera

  3. flavio diz:

    os que estão debaixo da assa do pr o que senhor espera

  4. etu diz:

    sinceramente fico triste em ver e ouvir pessoas a criticar a atitude do PGR. Mas porquê tanta preocupação? ninguém ainda é culpado. são todos suspeitas e por isso devem se apresentar a justiça. é tão simples. hora se foram culpados vão ter que pagar por isso, independentemente das suas funções ou posições. não são únicos, são muitos mas não se pode fazer tudo duma única vez, vai sendo aos poucos, mas que existe a necessidade de fazer justiça com os !senhores de Bissau”? isto sim, existe. agora, quem não deve, não teme. “borra todos a justiça” MANTENHAS

  5. João Incanha diz:

    Agora o nosso país até está ficando leve com a realização de justiça, mas os que estão contra sinto muito, e a justiça tem que ser feita doe a quem doer, também não vi nenhuma perseguição ao gouverno até pelo contrário simplesmente a PGR está ajudar e contribuir que não haja um clima de desfarce no gouverno aqueles que são chamados para justiça não devem temer se não devem ao país e em particular os inocentes, coitados aqueles que pagam pelos erros dos outros…VIVA PRESENTE CIPRIANO CASSAMÁ e VIVA A GUINÉ-BISSAU.

  6. Sr PGR que Deus te abençoa no seu trabalho,NO PINTCHA com eles,a construção da casa começa pelos pilares,não pelo telhado.Eu acho que primeiro deveria ter começado pelo NHU ANTÒNIO INDJAI,ele declarou publicamente que a riqueza dele veio do cofre das finanças,ele esclareceu tudo,e portanto,abre-lhe a porta da segunda esquadra,estais à espera de quê?Ouviu bem ou não?

  7. kempes diz:

    E acho ninguem tá acima da lei, seja quem for, quem nós governa deviam dar bom exemplo aos governados. agora se tem medo da justiça qual moral que teem para fazer outros cumprir leis. tão habituado porque não são responsabilizado pelos atos que fazem por ser membros de governo, por ser amigos dos uns aos outros, por isso vivemos ha mais de 40 anos nesse abusos. ja chega, deixa justiça funcionar.quem sabe tá limpo é só provar perante publicos, mais nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.