Músicos  profissionais oficializam sua organização da classe

Bissau (ANG, 30 de Julho de 2015) – O Vice-Presidente da Associação de Músicos Profissionais da Guiné-Bissau (AMPGB) disse, esta quinta-feira, que a organização recebe sexta-feira os documentos que confirmam a sua legalização junto ao Cartório Notariado do Ministério da Justiça.

Em Conferência de Imprensa realizada em Bissau, Luís Mendes conhecido pelo nome artístico de Ichi revelou que a legalização da Associação de Músicos Profissionais da Guiné-Bissau  tem como objectivo lutar, defender e valorizar  os interesses da música  e dos artistas guineenses  no contributo para o desenvolvimento da cultura do país.

Mendes acrescentou que  os elementos da associação vao  concentrar-se logo de manhã no salão  da União Desportiva Internacional da Guiné-Bissau (UDIB) e acompanhados de  grupos  manjuandade, pessoas de boa vontade e a população em geral dirigir-se-ão  ao Ministério da Justiça a fim de receber os documentos de sua legalização.

Ichi revelou que o governo concedeu um apoio financeiro no valor de milhão de francos cfa e que outros parceiros também apoiaram a organização para a constituição de um fundo de maneio.

A  Associação de Músicos Profissionais da Guiné-Bissau é presidida pelo artista Justino Delgado, recentemente eleito para essa função.

ANG/PFC/SG

 

One Response to Músicos  profissionais oficializam sua organização da classe

  1. Interessante que o meu pa’is também ccomeceu a reconhecer a cultura sua.orgulho muito
    e peço que me enviem contato direto. bravo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.