Universidade PIAGET intensifica cooperação com o governo guineense

Bissau (Gabinete do primeiro-ministro, 30 de Julho de 2015) – Uma delegação da Universidade Jean Piaget, composta pelo Secretário Geral do Instituto Piaget de Portugal, Senhor Rui Tomás e pelo Reitor da Universidade Piaget de Bissau, Professor Doutor, Aladje Baldé, hoje, dia 30 de julho, foi recebido pela Sua Excelência, Primeiro-ministro, Senhor Domingos Simões Pereira.

O encontro permitiu a delegação apresentar os cumprimentos, agradecer o acompanhamento e apoio institucional dado pelo governo à essa instituição do ensino superior.

Segundo, o seu secretário geral o investimento no país constitui uma aposta forte do grupo, à longo prazo, e tem como objetivo reforçar o sistema do ensino superior, sublinhando que se trata de um projeto que já tem quase 40 anos de experiência no mundo, sendo a Guiné-Bissau o mais jovem do seu grupo e que pretende desenvolver ações relativamente à formação e enquadramento dos recursos humanos e atividade de extensão comunitária. Inclusive, o grupo vai colocar o seu acervo bibliográfico publicado pela sua editora espalhados pelo mundo, ao serviço da Guiné-Bissau, numa programação de intercâmbio entre professor e estudantes no seio das suas instituições.

Nesse sentido, o reitor enfatizou o apoio que a Universidade, por intermédio de brigadas de emergência, através do laboratório tem dado na realização de testes e despistagens, em particular do Ebola e HIV, bem como ao SNLS. Esses estudos têm permitido ao país produzir informações laboratoriais de excelência ao nível nacional e ainda enquadrar os quadros nacionais recém-qualificados. Igualmente, informou de que “no próximo ano letivo pretendem abrir o curso de fisioterapia e também implementar uma clínica social para acudir as necessidades da população mais carenciada”.

O Primeiro-ministro agradeceu o gesto, garantindo os seus responsáveis de que “podem contar com o apoio do Governo na implementação do projeto, visto que o país precisa que o Ensino Superior… enquanto uma oportunidade e de qualidade. O nosso compromisso enquanto Governo é identificarmos juntos os   problemas e propormos soluções alternativas viáveis que minimizem as dificuldades, contribuindo para que a oferta de qualificação seja efetiva… É agora a melhor altura de o fazermos.

No tocante, as publicações sugeriu que as mesmas fossem distribuídas as bibliotecas das escolas secundárias, de entre estas a do Liceu Nacional Kwame N`krumah, defendendo que o espaço podia ser  remodelado e equipado, a fim de acolher os livros e funcionar simultaneamente como o espaço digital de apoio à pesquisa dos alunos e professores.

O Chefe do Executivo também recomendou uma parceria entre aquela editora e a Editora Escolar, com o propósito de reforçar a capacidade institucional, operacional e a coedição das obras nacionais, bem como das dissertações que serão produzidas na Universidade Piaget da Guiné-Bissau.

 

Bissau, 30 de julho de 2015

O Gabinete da Comunicação e Informação

Carlos Vaz

Miguel de Barros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.