PR cabo-verdiano espera solução que sirva interesses dos guineenses

Cidade de Praia (LUSA, 13 de Agosto de 2015) – O Presidente da República de Cabo Verde recusou comentar a decisão do seu homólogo da Guiné-Bissau de demitir o Governo, mas espera que a solução a ser encontrada vá ao encontro dos interesses dos guineenses.

Jorge Carlos Fonseca, que se encontra de férias na ilha cabo-verdiana do Sal, recusou a entrar em mais pormenores, por entender que se trata de uma decisão de um órgão de soberania de um outro Estado.

“O Presidente da República de Cabo Verde entende não comentar decisão de um órgão de soberania de um Estado outro, especialmente de um país amigo. Espero, entretanto que qualquer que seja a solução que vá ao encontro dos interesses dos guineenses, sua democracia e caminhos de estabilidade com progresso para todos”, afirmou Jorge Carlos Fonseca à Inforpress.

Jorge Carlos Fonseca foi um dos 10 chefes de Estados presentes na cerimónia de tomada de posse de José Mário Vaz, em junho do ano passado.

O Presidente guineense, José Mário Vaz, assumiu na madrugada de hoje a rutura com o Governo de Domingos Simões Pereira, ao anunciar a dissolução do executivo, segundo um decreto presidencial lido na Rádio Difusão Nacional.

A decisão foi divulgada pela rádio pública da Guiné-Bissau duas horas e meia depois de o chefe de Estado ter feito um discurso à nação, no qual referiu que uma remodelação governamental não chegava para resolver a crise política no país.

Em Cabo Verde, a decisão é destaque nas rádios e jornais do país, mas as autoridades, que sempre mostraram grande confiança no Governo guineense eleito no ano passado, recusam-se, por agora a fazer quaisquer comentários à imprensa.

 

 

One Response to PR cabo-verdiano espera solução que sirva interesses dos guineenses

  1. Max diz:

    Viva presi Fonseca!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.