Vice-presidente da FFGB demite-se de funções 

GBissau (Bissau, 31 de Maio de 2017) – o Vice-presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau demitiu-se das suas funções na passada segunda-feira, 29 de Maio.
Na sua carta de demissão endereçada ao Comité Executivo da Federação de Futebol da Guiné-Bissau, Amadú Nogueira Pinto Sambú justifica a sua decisão devido aos problemas internos na instituição desportiva.

“Em vez de uma Federação transparente onde cada um saiba qual o seu papel e onde haja o primado da Lei, verifico com magoa que o funcionamento da nossa Casa do Futebol é cada vez mais opaco”, acusa Pinto Sambú, afirmando ser o tempo de dizer “basta a tudo isto e a todos aqueles que são e representam o contrário de mim”.

Amadú Nogueira Pinto Sambú, ex-Vice-presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau

Ainda na mesma carta, o Vice-presidente demissionário disse “não estar disposto a ser confundido com quem apenas se preocupa servir-se do futebol, utilizando o cargo para tudo, menos para o progresso e desenvolvimento sustentado do nosso futebol”. Todavia, o nome da pessoa em causa não foi mencionado na carta de demissão.

Amadú Nogueira Pinto Sambú concluiu a mesma carta dizendo demitir-se do cargo para “denunciar a farsa em que transformaram a nossa federação”.

A Federação de Futebol da Guiné-Bissau tem estado envolvida numa crise interna que já perdura há mais de dois anos, com os seus elementos se acusarem mutuamente de desvios de fundos.
Manuel Nascimento Lopes (Manelinho) é o presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau e a reeleição aconteceu há menos de um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.