Comité de Sanções da ONU destaca comportamento exemplar de militares guineenses

LUSA (Bissau, 15 de Junho de 2017) – O presidente do Comité de Sanções ONU, Elbio Roselli, destacou hoje o comportamento exemplar dos militares da Guiné-Bissau visados com sanções das Nações Unidas, sublinhando que vai transmitir as informações ao Conselho de Segurança.

“Tivemos uma conversa muito sincera e muito direta. Os militares têm um comportamento exemplar, perfeito, é uma questão para se ter em atenção”, afirmou.

Questionado pelos jornalistas sobre um eventual levantamento das sanções, Elbio Roselli explicou que não podia dizer nada sobre o assunto, sublinhando que vai transmitir as “informações” recolhidas ao Comité das Sanções e ao Conselho de Segurança da ONU para avaliação.

O presidente do Comité de Sanções das Nações Unidas, Elbio Roselli, chegou na terça-feira à Guiné-Bissau para analisar o impacto das sanções impostas a vários militares guineenses, em 2012, e a evolução da situação política no país.

Em maio de 2012, na sequência do golpe de Estado, o Conselho de Segurança da ONU aplicou sanções aos responsáveis envolvidos na alteração da ordem Constitucional, nomeadamente o general António Indjai, general Mamadu Turé, general Estevão Na Mena, general Ibraima Camará e o tenente-coronel Daba Naualma.

Elbio Roselli termina hoje a visita ao país com um encontro com o chefe de Estado guineense, José Mário Vaz.

Durante a sua estada na capital guineense, a missão do Comité de Sanções reuniu-se com os representantes da comunidade internacional no país, sociedade civil guineense, partidos políticos e representantes dos Governo, Supremo Tribunal de Justiça e Parlamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.