Diretora-geral da CPLP manifesta-se preocupada com impasse na Guiné-Bissau

Lusa (Bissau, 18 de Julho de 2017) – A diretora-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Georgina Benrós de Mello, disse à Lusa que está pessoalmente preocupada com o impasse político na Guiné-Bissau, um dos nove Estados-membros do bloco lusófono.

“A minha avaliação pessoal é de que tenho uma grande preocupação [com a situação da Guiné-Bissau] porque acompanhei muito de perto o processo da libertação nacional, conheço muitos dos líderes – alguns vivos, outros já não – e, portanto, sei das preocupações deles e de muitos outros que estão a ver este impasse prolongar-se sem encontrar uma saída”, afirmou.

A diretora-geral, que é cabo-verdiana, fez questão de mencionar que não falava em nome da CPLP já que quem acompanha as questões políticas no bloco é a secretária-executiva, a são-tomense Maria do Carmo Silveira, mas explicou que a instituição tem feito “um esforço em falar, entender e criar pontes” dentro da Guiné-Bissau para solucionar o impasse político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.


Fatal error: Call to undefined function get_HitsMechanic() in /home/afrowa6/public_html/gbissau.com/wp-content/themes/NewsMagazine/post-single.php on line 48