Comunicado à Imprensa: Oficial da ONU visita Guiné-Bissau

Uniogbis (Bissau, 26 de Julho de 2016) – O Presidente da Configuração Guiné-Bissau da Comissão das Nações Unidas para a Consolidação da Paz, Embaixador Mauro Vieira (do Brasil) reunirá com as autoridades, representantes da sociedade civil e líderes políticos. O objetivo principal da sua viagem é apoiar o esforço para encontrar uma solução para a atual crise política e seguir os preparativos para as próximas eleições legislativas no início de 2018.

A Comissão das Nações Unidas para a Consolidação da Paz (PBC), foi criada em 2005 através das resoluções 60/180 e 1645 (2005) de 20 de dezembro de 2005, da Assembleia Geral das Nações Unidas e do Conselho de Segurança, respectivamente, com o seguinte mandato:

  • Congregar todos os atores relevantes para organizar os recursos e assessorar e propor estratégias integradas para a consolidação e a recuperação da paz pós-conflito;
  • Concentrar a atenção nos esforços de reconstrução e fortalecimento institucional necessários para a recuperação dos conflitos e apoiar o desenvolvimento de estratégias integradas para estabelecer as bases para o desenvolvimento sustentável;
  • Fornecer recomendações e informações para melhorar a coordenação de todos os atores relevantes dentro e fora das Nações Unidas, desenvolver melhores práticas, ajudar a garantir financiamento previsível para atividades de recuperação precoce e ampliar o período de atenção dado pela comunidade internacional para a recuperação pós-conflito.

A Guiné-Bissau foi colocada na agenda da PBC em 19 de dezembro de 2007, na sequência de um pedido do Conselho de Segurança que apoia o pedido do Governo da Guiné-Bissau de inclusão na agenda da Comissão.

Na quarta fase do envolvimento da PBC na Guiné-Bissau, no âmbito do Plano de Prioridade para a Consolidação da Paz para o período de 2015 a 2017, foi atribuído um envelope financeiro de 10 milhões de dólares norte-americanos em 4 áreas prioritárias. Incluem o diálogo político e a construção de consenso nacional, bem como as forças modernizadas de defesa e segurança que respeitam a ordem constitucional e os direitos humanos; Um sistema de justiça imparcial e independente e a participação das mulheres e jovens / oportunidades econômicas.

O embaixador Mauro Vieira assumiu a presidencia da configuração para a Guiné-Bissau da PBC em novembro do ano passado, tendo substituído António Patriota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.


Fatal error: Call to undefined function get_HitsMechanic() in /home/afrowa6/public_html/gbissau.com/wp-content/themes/NewsMagazine/post-single.php on line 48