“Resgatei a Guiné-Bissau” – Umaro Sissoco Embaló

(RFI, Bissau, 18 de janeiro de 2018) – O primeiro-ministro, Umaro Sissoco Embaló, despede-se dos membros do seu governo e funcionários, afirmando que resgatou a imagem do país, mas o seu sucessor continua sem ser designado.

Umaro Sissoko Embaló, que  pediu a sua demissão do cargo de primeiro-ministro na sexta-feira, 12, o qual já foi aceite pelo Presidente, afirmou em conferência de imprensa, que sai com a consciência de ter resgatou a imagem externa da Guiné-Bissau, disciplinou as Finanças Públicas e parte sem mágoa em relação ao Presidente José Mário Vaz, que, no dia 16,aceitou o seu pedido de demissão.

“Sinto que cumpri 70 por cento, mas uma coisa eu sei: resgatei a Guiné-Bissau, disciplinei as contas públicas, portanto  no contexto internacional, as pessoas sentiram a força desta equipa”, disse.

Umaro Sissoco Embaló disse que vai continuar a fazer política, mas não sabe o que lhe reserva o futuro, quanto a uma eventual candidatura à presidência da República.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.


Fatal error: Call to undefined function get_HitsMechanic() in /home/afrowa6/public_html/gbissau.com/wp-content/themes/NewsMagazine/post-single.php on line 48