Contra almirante Bubo Na Tchuto detido nas águas internacionais pelos EUA

Bubo Na Tchuto, ex-chefe do Estado-Maior da Armada da Guiné-Bissau

(GBissau.com com Agências, 4 de Abril de 2013) – O ex-chefe do Estado-Maior da Armada da Guiné-Bissau, Bubo Na Tchuto, foi detido pelos agentes antinarcóticos do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América (DEA).

De acordo com a agência de notícias, Reuters, Bubo Na Tchuto foi detido junto com outras quatro pessoas num barco em águas internacionais, numa operação policial levada a cabo pelos agentes secretos dos EUA, segundo as fontes citadas pela Reuters. Mas, uma informação da agência Lusa, citando fontes oficiais cabo-verdianas, indica de que Bubo Na Tchuto foi capturado na Zona Económica Exclusiva (ZEE) de Cabo Verde.

Contra-almirante José Américo Bubo Na Tchutu

Contra-almirante José Américo Bubo Na Tchuto

Bubo Na Tchuto foi transportado para Cabo Verde, de onde ele seria enviado para os Estados Unidos para fazer face às acusações do tráfico de droga, disseram as mesmas fontes. De acordo com informações obtidas pela GBissau.com, Bubo Na Tchuto teria sido desembarcado no porto de Palmeira, na ilha cabo-verdiana do Sal.

O contra almirante Bubo Na Tchuto foi um dos dois guineenses na “lista negra” do governo dos EUA que, em 2010 foi considerado um dos “chefões do tráfico internacional de droga” devido ao seu suposto envolvimento no tráfico de cocaína da América do Sul.

De acordo com a agência Lusa, citando fontes oficiais cabo-verdianas, Bubo Na Tchuto foi capturado na Zona Económica Exclusiva (ZEE) de Cabo Verde e que depois de ter chegado na ilha do Sal, foi levado de imediato para o aeroporto local, de onde seguiu para os Estados Unidos.

O contra almirante Bubo Na Tchuto tem sido uma figura controversa nos meios militares e politícos guineenses. Por várias vezes ele foi acusado de tentativas de Golpes de Estado. O primeiro caso foi em 2008, mas foi mais tarde ilibado pelas autoridades guineenses.

Foi o falecido Presidente Malam Bacai Sanhá quem nomeou em Outubro de 2010 o contra almirante José Américo Bubo Na Tchuto para a chefia de Estado-maior da Armada, cargo que ocupava em 2008, quando foi acusado de tentativa de golpe de estado.

Bubo Na Tchuto fugiu então para a Gâmbia, de onde regressou em Dezembro de 2009 e se refugiou nas instalações das Nações Unidas em Bissau, de onde só saiu no dia 1 de Abril de 2010, na sequência do golpe de estado militar liderado pelo então Vice-Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas António Indjai, entretanto promovido a CEMGFA.

E em Abril de 2010, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos acusou o contra almirante Bubo Na Tchuto e o Chefe de Estado Maior da Força Aérea, general Ibrahima Papa Camará de tráfico de droga, tendo anunciado o congelamento dos seus bens.

Mas antes, Bubo Na Tchuto foi acusado de envolvimento no desvio, em Julho de 2008, de 600 kgs de cocaína interceptada a bordo de um avião proveniente da Venezuela.

Muito recentemente, a 26 de Dezembro de 2011, José Américo Bubo Na Tchuto foi confrontado com uma outra acusação da tentativa de Golpe de Estado, mas reencontraria a liberdade depois de Golpe de Estado de 12 de Abril de 2012. Informações de várias fontes oficiais apontavam que a libertação dos detidos do caso 26 de Dezembro acontecera sob à disposição do actual Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas, António Indjai.

Todavia, há quem acredite que tenha sido o Tribunal Regional de Bissau que teria ordenado a sua libertação e os demais detidos em conexão ao caso por terem “cumprido o prazo da prisão preventiva” que deveria ter ultrapassado os seis meses, conforme estabelece a lei guineense.

Há já algum tempo que Bubo Na Tchuto era visto e acusado pelos Estados Unidos da América de ser o maior narcotraficante da Guiné-Bissau.

 

 


Share Button

21 Responses to Contra almirante Bubo Na Tchuto detido nas águas internacionais pelos EUA

  1. upelu kituk diz:

    Se em Guine Bissau nao ha justiça para castigar os narcoticos nacionais e internacionais que operam em complicidade de alguns fardados, pois a justiça Norte-Americana nao darà o mesmo privilegio a esses bandidos.
    Outro que deve estar na mira dos E.U.A è sem duvida o General Antonio Njai e os seus comparsas, e è melhor que se cuide e deixa essa practica.

    • alfredo modiz diz:

      talvez tu não é bandido mais sim burro ao quadrado. só um burro que não sabe nada que diz uma coisa desta. quem sabes se será a tua vez! quem és tu a chamar pessoas de bandidos? tens autoridades moral para isto? cuidado com a linguagem …..

      • Roncante diz:

        OH meu carro amigo, e muito menos vce também não tem autoridade moral, a diser a quem quer que seja de se,cuidar com a sua opinião.viva a Guiné-Bissau!! e viva a liberdade da opinião!!…mas com ideias e criticas construtivas.

        • mamadu Turé diz:

          De acordo consigo, a liberdade da opinião é indespensavel para desemvolvimento de qualquer país
          O problema é que aqueles que lá mandam(oficiais de força amada)não sabem quais são as limites das suas funções, ou obdecer autoridade civil! E nós como guineenses temos todos direitos a criticas mas construtivamente.

  2. ROGADO diz:

    ACREDITO EU QUE VAI SER JULGADO COMO MANDÃO AS LEIS AMERICANAS, COM DIREITO A DEFESA. MAS O QUE VAI SER LINDO É VER O MACHO A CHAMAR TODOS OS COMPARSAS E RELATAR O QUE ACONTECEU NOS CRIMES DE SANGUE DA NOSSA PRAÇA, PARA OS ACUSADOS TAMBÉM SEREM CAÇADOS E ENJAULADOS COMO O BUBO. GRANDE TRABALHO. JÁ ERA SEM TEMPO, ALGUÉM ACUDIR O HUMILDE POVO GUINEENSE E MANDAR ESTES RATOS PARA AS CADEIAS. VIVA USA.

  3. Daniel Monteiro diz:

    Muito boa noite a todos ! Esta foi sem duvida uma muito boa noticia para a nossa pátria amada, desde os anos 80! Na minha opinião este o pronuncio da nossa 2a libertação! Nós fizemos uma luta impar no contexto africano mas aqueles que ganharam a guerra vieram comportar-se igual aos colonos senão ainda pior, usando e abusando do poder ao seus “bel plaisirr” mas o nosso saudos José Carlos Schwartz cantou que: tudo Mussa ki tem kumessada i ta tem si fim e os nossos irmãos de Cabo Verde também dizem: ka tem catchupa Ka ta fria! Espero que desta vez será bom que o nosso povo se desenvelhe de uma vez por todas desses malfeitorores! Viva o povo martirizado Guineense

  4. Nanthoy diz:

    Não é bom esquecer que outro acusado, pelos Estados Unidos da América, de ser um dos barões da droga na Guiné-Bissau é o próprio Antonio Indjai. Espero que eles venham a dar continuidade e este trabalho de higienizacao daquela terra.

    • alfredo modiz diz:

      se tens problema com António Indjai tenta resolve-la com outras maneira não com as mentiras. quem sabes se tu está na lista dos acusados? tens fraca memória para com a pátria. GB nunca terá paz com as pessoa de fracas memórias como aqueles que tu queres que converna a guiné…. cuidado com a língua estamos no mesmo barco se a fundar quem sabes se tu será a primeira vitima? burro….

    • j.mendes diz:

      se antonio foi combatente da liberdade nao merece este falta de respeito os cabuverdianos nao sebe que o antonio e um guerilheiros para libertacao de ilha de ca buverde …..

  5. Filomeno Pina. diz:

    Isto começa a aquecer, se agora começou no fim (os “bebés” do tráfico internacional e pequenos correios serem presos) imagino então, que os principais nunca terão o mesmo destino (os cabecilhas da produção e tráfico de droga pela costa ocidental da África. Estes também a serem presos e julgados) ou talvez não. O que quer dizer que esta acção da policia secreta Norte Americana é apenas um sinal com várias interpretações possíveis, indo para além do problema da “droga”, para além dos citados “600kg” de cocaína (que pelos vistos desapareceu “dentro” de uma instituição do Estado da Guiné-Bissau, mas agora, parece que o dedo é apontado a um único traficante, será uma conclusão primária, básico, servindo apenas como sentido de humor e muito fraco, triste se for uma única hipótese, não sei …), e para além da corrupção instalada no País. Esta prisão de Bubo Nantchut (um dos dois Guineenses, seg. USA) pois servirá como “estímulo” agitador de consciências pouco tranquilas nesta matéria (gente ligada ao tráfico nesta zona…) que agora estão sobre a mira da polícia internacional (caçadores de traficante e do seu tesouro/riqueza), para mais, pouco se saberá neste mundo tão pequeno, mas certo é que o crime não compensa, isto sabemos, e o mal está à vista, é preciso que o Estado tenha muita calma e colabore com a DEA, para pormos termo a agitação do tráfico na costa O. África, i. é, no que depender da Guiné-Bissau. A procissão vai no adro, um ex-militar foi preso, pergunto seguirá um politico, um empresário, estrangeiros residentes no País, ou vários barões na Europa, na América, na Ásia, quem sabe é desta que vão os “policias do mundo” ser isentos e prender por igual todos os bandidos espalhados pelo mundo fora…, por isso vale a pena colaborar para evitar uma “caça às bruxas” sem precedente, só. VIVA A GUINÉ-BISSAU UNIDA E FORTE! Djarama. Filomeno Pina.

  6. Decio Saldanha diz:

    Solicitamos tambèm os bons serviços dos EUA no combate a este flagelo que vem degradando a nossa sociedade assim criando GRANDES RICOS para que nos ajude a investigar o caso LAMUSTAAR que nunca mais se deu um pio acerca do mesmo acabando permanecer no SEGREDO DOS DEUSES.

  7. Salva terra diz:

    Até que em fim que se vê algo de concreto ! Limpem estes narcotraficos
    todos que vieram piorar a situaçào do nosso pais !
    Jà estamos fartos destes militares que em vez de lutar para paz e defender o pais, so procurào o seus intereses e destabilizar.
    Agora falta por tambem na galhola esses tal António Indjai !
    Entregar o pais as naçoes unidas até serem responsavel para se poder fazer novas eleiçoes com pessoas que querem o bem e o desenvolvimento da nossa terra !

  8. carlos dju diz:

    Uma boa iniciativa por parte dos Estados Unidos de America. Se as pessoas pensam que estao numa ilha onde podem fazer o que querem e sem por isso sejam julgados por crimes que cometerem entao para ja estao engados, porque America esta de olhos abertos. Ainda ha muita gente na lista…

  9. sidjor diz:

    OBRIGADO USA, ANTONIO INJAI E COMPANHIA ESTE UN SINAL PARA ELES, SE A IMPUNIDADE É MATA BICHU NA GUINE BISSAU NOS ESTADOS UNIDOS É PRATO DO DIA, ES GENTES IGNORANTES QUE NAO SABEM QUE A GUINÉ FAZ PARTE DE UM MUNDO GLOBALIZADO, ESTAO PERDIDOS, O DEPARTAMENTO AMERICO MANEJA MUITOS NOMES NA ESFERA POLITICA E SOCIAL GUINEENSE, COMO BAROES DE DROGAS, POLITICOS, ADVOGADOS CORRUPTOS, EMPRESARIOS POLITICOS ALGUN CANDIDATO A LIDERAR UM PARTIDOS,CUJO O NOME COMEÇA COM INICIAL BR TODOS ELES ESTAO NA PUNTO DE MIRA DA CIA, MAS NAO SABEM PORQUE SAO IMPRUDENTES SÓ VEJAM O DINHEIRO,ESPERO QUE TODOS ESSAS GENTUZA ACABAM DETENINOS E JULGADOS EM AMERICAS COM TODAS GARANTIA DE LEI. VIVA A GUINE E VIVA O POVO HONESTO QUE O CARECTERIZA NA SUA MAIORIA, NO BAI SON SE CANUA KA NCADJA NO TCHIGA.

  10. rui manuel da costa diz:

    donde vem drogas? o satelite dos Estados Unidos, devem destruir as plantações de cocainas e outros drogas nasAmericas.

  11. Gomes vensam diz:

    Do meu ponto de vista, nao vejo nada de mal, sobre tudo os golpistas. Nao intendo porqué que os Africanos para chegar o poder,é necessario o uso de força pela via armada sem terem meios de sobre vivencia. Os golpistas usam estes meios para poder alimentar as camadas prevelegias ( militares nos quarteis) de modo a invitar o pior.Hoje a Guiné Bissau um pais soberano que nao presiça de nadar nesta àgua de trafico de drogas; so pela a sua riqueça basta cada um cidadao ter mais de dez ero no seu bolso. Hoje o pais rui na sua totalidade, a unica saida para esse defeito, é que os militares entrarem nesse caminho!
    Sinto muito maguado de receber maus noticias sobre a Guiné Bissau! O pais cujo a sua independencia nao bem claro pelos descolonizadores; porque sairam com cabeças hergidas e nao sente bem de ouvir a pâlavra de liberdade!
    Caros irmaos devemos ser unido de mesma caminhadas e lutar contra hineopotismo,atraidores da patria e contra a essas brincadeiras dos nossos irmaos detidos nas àguas de nargo trafico de drogas.
    Sim de acordo de intervençao dos EUA nas àguas teritorias de Guiné de modo a controlar à esse malfeitivos traficos de drogas, nao é simples justa causa para resulsoes dos problemas do pais. O pais foi abandonada desde da sua indenpendencia mal recebidos nas maos dos colonalizadores. Se naçoes unidas querem por as suas ordens no pais nao é hoje! Jà devia ser muitos anos.A politica banalizada,muita injustiça, crupeçaos acentuadas na via armada e civil.

  12. eu so filho de guine bissau recide no estranseiro estudante na aria de tegonolocia, na gambia mas este setuasao na bissau em justo, uma vergonha para povo de guine a milteris sao gruputus sempri eles fica mau imagem na guine os povos de guine numca tem voz na estraceiro sempri eles fica magusdo.disculpa mas eu nao falam protugues coreto.i am soory i love bissau guine.

  13. jhon da silva diz:

    Todos cortados a catanada !! nào é assim que fazem !!

  14. Augusto Nansambé diz:

    o melhor juiz natural que existe é o tempo, o Homem está limitado a dizer a verdade, por razões ligado as suas tendências natural. por de mais que posso estar contra Bubu Natchuto, não vou estar de acordo nem estarei amanha, que seja caluniado pelos americanos. onde está droga que Bubu foi receber dos seus colegas traficantes, não pode ser apresentado? onde está outros companheiros seus? porque, para se falar de trafico tem que ver duas partes, onde está outros traficantes com que Natchuto foi negociar com eles no local? a grande verdade tudo não passa duma montagem contra pessoa de Bubu, estamos na Guiné, conhecemos nos uns aos outros, Bubu foi traído por números de certos pessoais aqui, mas estes devem saber que o tempo vai nos dar resposta correto. mas mesmo que isso fosse verdade o Bubu não deve ser detido desse jeito, sem dar conhecimento ao Governo da Guiné-Bissau. Piores traficantes de todos os tempos que o mundo já conhece, são os americanos, fim ultimo de cada homem será justificada pelas suas obras feitas neste mundo depois de ter sido morto, no dia de juízo final cada qual pagará preço que merece, até os caluniadores pagará por isso.

  15. Iero candé diz:

    A notícia ão foi boa mas o trabalho foi bom. As gentes têm que preceber que a droga é um dos produtos que sempre nos coloca na cruelidade e que todos nós temos como trabalho a luta pela paz e tranquilidade.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>