Candidato à presidência Hélder Vaz eleito presidente da Resistência da Guiné-Bissau

Hélder Vaz, Candidato Presidencial

Bissau (Lusa, 15 de Dezembro de 2013) – O candidato à presidência da República Hélder Vaz foi eleito presidente de um partido que se encontrava dividido em várias fações, a Resistência da Guiné-Bissau, num congresso a que a Lusa assistiu.

O antigo diretor-geral da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) foi escolhido como líder no primeiro congresso extraordinário da organização, que decorre desde sábado, na vila de Safim, a 20 quilómetros a leste de Bissau.

Hélder Vaz foi eleito por unanimidade e aclamação por cerca de 300 delegados oriundos de todas as regiões da Guiné-Bissau e da diáspora.

Em declarações aos jornalistas, Vaz, que regressou ao país na última sexta-feira, depois de viver nove anos em Portugal, afirmou que depois de unir a RGB (também conhecida por Movimento Bâ-Fatá) a tarefa seguinte é preparar o partido “para ganhar as eleições legislativas” de 16 de março.

De seguida, assinalou Hélder Vaz, a meta é formar um Governo “com os melhores filhos” da Guiné-Bissau, promover “a refundação do Estado” e desta forma executar o chamado “programa maior” de Amílcar Cabral (pai da independência da Guiné e Cabo Verde), ou seja, o desenvolvimento do país.

O novo líder da RGB, partido fundado na década de 1980, em Portugal, como principal opositor ao Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), propõe juntar-se a uma ampla frente de “pessoas e partidos” para promover a mudança na Guiné-Bissau.

Hélder Vaz afirma que o país “regrediu em todos os sentidos” desde que a sua formação política “desapareceu do cenário político” na sequência de disputas internas entre dirigentes.

O próprio Vaz afastou-se da vida política ativa na sequência das eleições legislativas de 2004, ganhas pelo PAIGC.

Agora voltou para levar a RGB a ser governo e ainda para ser eleito presidente da República.

“Sou candidato à presidência da República para dar respaldo ao Governo RGB”, afirmou Hélder Vaz, valendo-se da experiência política acumulada em 40 anos.

Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa e mestre em Administração e Gestão Pública na Universidade de Albany, nos Estados Unidos, Hélder Vaz foi deputado da Assembleia Nacional Popular, líder da bancada parlamentar da RGB e mais tarde presidente do mesmo partido.

O ponto alto da sua carreira política acontece em 2000, quando assume o cargo de ministro de Estado e da Economia e Desenvolvimento Regional num governo de coligação entre o Partido da Renovação Social (PRS, de Kumba Ialá) e RGB.


Share Button

12 Responses to Candidato à presidência Hélder Vaz eleito presidente da Resistência da Guiné-Bissau

  1. Belencufa diz:

    ORA VIVA.
    ESTE É O MEU CANDIDATO.
    O UNICO COM PROVA DE COMPETENCIA JÁ DEMOSTRADA.
    O UNICO NÃO TRIBALISTA.
    O UNICO COM RESPEITO ENTRE OS DIRIGENTES DA CPLP, ECOWAS E CEDEAO.
    O UNICO COM RESPEITO NA AFRICA, EUROPA, ASIA E AMERICA.
    ESTE É UM CANDIDATO SEM CADASTRO, NUNCA FOI PREZO, NUNCA FOI APONTADO COMO LARAPIO DO ERARIO PUBLICO E TEM VERGONHA NA CARA.
    SÓ NÃO GOSTO QUANDO FALA DE PROGRAMAS IDIOTAS DO paigc, QUANDO DEVIA ERA FALAR DE SI E DO SEU PROGRAMA PARA A DESFALECIDA NAÇÃO GUINEENSE. PESSO A DEUS QUE ESTEJA ERRADO NESTE CASO. TAMBEM NÃO EXISTE CANDIDATO PERFEITO. POR ISSO APOSTO NELE E RECOMENDO-O AO POVO GUINEENSE PARA SAIRMOS DO LAMAÇAL QUE OS TERRORISTA DO paigc NOS COLOCARAM.
    MANTENHAS

  2. Melo fernandes da costa diz:

    É certo necessitamos os melhores filhos de essa terra com vocação do estado a fim de lenvantar o pais, criar lugares de trabalho assim cada cada qual com os seus imposto assim contribuir para que o açentução do estado.

  3. Umaro Balde diz:

    Um advogado de renome em Lisboa disse-me o seguinte sobre Helder Vaz: o seu conterrâneo [Helder]é simplesmente impressionante. Mas, acho-o demasiado ocidentalizado para o gosto Guineense. Ao que responde com um ” não sei se é assim, mas, uma coisa lhe garanto, a Guiné Bissau precisa e muito de homens como o Helder Vaz.
    Sim,a Guiné Bissau precisa e muito do homem que em plena crise do 07 DE JUNHO, ousou desafiar em campo aberto o falecido Nino Vieira, convidando-lhe olhar com olhos de VER a real situação em que Guiné se encontrava, apontando o Nino como único responsável por tudo o que estava acontecer na Guiné Bissau naquele momento.
    Precisamos em Guiné do homem que ousou desafiar o ex-presidente Kumba Yala em pleno exercício das suas funções como presidente da Republica, para que submetesse a uma junta medica e apresentasse um certificado de sanidade mental.
    Não se trata de retratar qui o Helder como Senhor e dono absoluto de todas as verdades, não se trata de fazer juízo de qualquer tipo sobre a pessoa do Nino ou do Kumba Yala.

    A minha pretensão, é de deixar bem claro que a Guiné Bissau precisa de homens e mulheres com a coragem do Helder Vaz, para que quando os supremos interesses da nação estão em causa, dão a cara em defesa da pátria, colocando em risco a sua própria integridade física.

  4. Iarés Mané diz:

    É grande político, o país precisa deste tipo de político, desde que saiu (hibernous) da política e da Assembleia, ela tornou-se quase morta, porque as opiniõs que tinha sobre a nação e a política deixaram de ser analisadas e discutidas.
    Com o seu regresso a cenário político, vamos ter uma democracia mais forte e muita diversidade de ideias. O país deve aproveitar muito com este Homem, pois nem todas as nações têm um similar seu.
    Se realmente quisermos refundar o nosso estado é necessário nele. Não é perfeito nem santo, mas tem caráter de um estadista e nacionalista.
    Agora vamos ter um RGB que não se limitará apenas em apoiar o candidato do PRS, mas sim um RGB digno de respeito que concorre para vencer, em todas as eleições que a RGB concorreu tendo Hélder ao seu lado, este partido saiu com bons resultados, 1994 e 1999, RGB foi sempre segundo partido mais votado na Assembleia Nacional Popular e PRS e Koumba Yalá cairam na desgraça de governação quando exatamente aquela coligação PRS/RGB foi rompida. Há muitas coisas a mencionar sobre este homem.

  5. MASSASSO diz:

    O Hélder Vaz não é apenas um politico, mas também tecnocrata. em várias ocasiões questionamos porque será que Guiné não faz proveito do melhor que tem (RECURSOS HUMANOS), são já vários anos que temos escolhido os medíocres para nos representar, e hoje vivemos as consequências. Um pais deve ser dirigido pelos seus melhores filhos, avaliados pelas provas dadas. Muitos bons filhos da Guiné-Bissau têm provado a sua capacidade e competência por esse mundo fora, e o Hélder Vaz é um desses, já é hora de acreditarmos nele como o mundo acredita.

  6. Djatta diz:

    Muitos outros filhos da Guiné Bissau encontram-se no asilo forçado…portanto , capazes, competentes, pacificos!!!
    Mas na tribalizaçao bissau-guineense, estes filhos nao sao aceites, por vàrias e determinadas razoes, que so os ditos “guerrilheiros”, no fim ditadores e terrorristas, levaram como segredo à cova, depois de nos terem destruido a Guiné Bissau.
    Nao aposto pela Guiné Bissau…sei ùnicamente, que fez do seu povo, gente INFELIZ, vivendo e morrendo fora do pais…ex. Luis Cabral e tantos outros sem conta.

    Tomem o exemplo do Mandela, deste pais “d’appartheid”, a AFRICA DO SUL …assim podemos ter Esperança.

  7. DJIPANE diz:

    O reaparecimento do dr. Hélder Vaz na cena politica , espero que permita elevar o nível do debate político que a guiné-bissau tanto precisa.

  8. Anônimo diz:

    noto que os comentários são bem preprados !
    Na guine precicamos de políticos honestos ! a nossa praça ta cheia de altos quadros e bem formados e que formaram em melhores universidades de mundo !!!
    não adianta ser inteligente ou saber falar sem honestidade !

  9. Melo fernandes da costa diz:

    Bemvindo a novas gerações, tenho muita esperança em que com o trabalho de dia a dia o pais possa recuperar pouco a pouco do estancamento que sufre
    V I V A NÓ Terra.

  10. Antônio Balde diz:

    Boa tarde. Vejo aqui que todos os comentários são todos a favor deste candidato. Mas pergunto também? Então não a nada a desfavor? Tudo o que ele fez foi o melhor ? Só ele? Perguntem a ele porque e que a RGB se dividiu? Na guine desde que ele saiu de la e não quis saber do pais e da política tudo piorou. Mas ele e o queê o salvador da pátria? E bom perceber bem as coisas. E inteligente, fala bem, mas também e um homem que tem dificuldades, defeitos e onde está só gosta de ser a brilhar. Foi assim com o falecido Dr Domingos presidente da RGB, com o Dr Domingos Simões Pereira também muito competente e outros tantos que estão na guine felizmente. Se houve problemas na RGB ele sabe bem porque.

  11. Feleciano Mendes diz:

    es homi tene resto di come dinero. Ganvaz elis ku ten Guine-Blau.

  12. Embalo diz:

    Sem sombra de duvida, se teremos que fazer uma escolha realista dentre os vemos, entao teremos certamente que esccolher o Dr Herlder. Este homem como deputado deu provas de competencias nas suas funcoes,so que infelizmente, nos so sabemos sabotear os dirigetes que pensam e lutam por nos a cada dia. Portanto, devemos fazer comentarios tomando em conta que nos somos que os outros sao dignos de respeito tanto quanto nos, a tecnologia é para para partilharmos a nossa parte de bom e tambem reflectirmos, ate podemos criticar, mas sempre com respeito, o qual todos necessitamos.
    Helder Vaz é politico agil capz mobilizar a sinergia nacional e internacional a volta do principais problemas que o pais enfrenta.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>