Arquivos do etiqueta: chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau

Entrevista com CEMGFA: Será Guiné-Bissau um Narcoestado?

  • António Indjai não se arrepende e continua intransigente quanto ao golpe que derrubou o governo anterior
António Indjai, chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau

António Indjai, chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau

Bissau (TIME | Tradução: GBissau.com) – General António Indjai, de 57 anos de idade, é o chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau que em 12 de Abril derrubou o governo anterior num golpe de Estado, citando como motivo a presença de militares angolanos.

Os cerca de 270 soldados de Angola tinham originalmente enviados para a Guiné-Bissau para ajudar na reforma das forças armadas guineenses. Os acontecimentos de 12 de Abril, dizem os militares guineenses, foram precipitados pelas acusações de que os angolanos estavam a conspirar para destruir as forças armadas da Guiné-Bissau. Umas forças armadas acusadas de envolvimento no comércio de cocaína e, no processo, cerca de 30 toneladas da substância ilegal acabam terminando anualmente na Europa.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime disse ter observado um aumento no tráfico de drogas desde o golpe.

Em resposta ao golpe, muitas organizações e países cortaram as suas ajudas para o governo interino. O bloco regional da África Ocidental, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), desde então tem implantada uma força estabilizadora dentro da Guiné-Bissau.

A Jornalista do TIME Jessica Hatcher encontrou-se em Bissau, no dia 2 de Outubro com o General António Indjai, para uma entrevista.