Arquivos do etiqueta: Mari Alkatiri justifica apoio de Timor-Leste à Guiné-Bissau contra vontade da CPLP

Mari Alkatiri justifica apoio de Timor-Leste à Guiné-Bissau contra vontade da CPLP

Bissau (Lusa, 27 de Maio de 2014) – O antigo primeiro-ministro timorense Mari Alkatiri, defendeu ontem o apoio de Timor-Leste à Guiné-Bissau, após o golpe de Estado de 2012, decidido contra a vontade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

“Começo por uma questão polémica. O ano passado quando Timor-Leste decidiu apoiar a Guiné-Bissau fê-lo contra vontade da CPLP e as pessoas não entendiam porque Timor-Leste decidiu apoiar um povo irmão”, afirmou Mari Alkatiri.

O secretário-geral da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) falava na conferência “África/Timor-Leste: passado, presente e futuro”, que decorreu no Ministério dos Negócios Estrangeiros em Díli, no âmbito da celebração do Dia de África, assinalado no domingo.

“Fizemo-lo conscientes das relações históricas e culturais que unem num passado longínquo e recente. Fizemo-lo porque tivemos a perceção de que era a nossa vez de mostrar a solidariedade”, afirmou Mari Alkatiri, lembrando que a Guiné-Bissau foi o primeiro país a reconhecer a independência de Timor-Leste.

“Um dirigente de outro país disse que não devíamos ter feito isso porque o governo era ilegítimo. Respondi que a comunidade era de países e não de governos”, acrescentou.