Arquivos do etiqueta: Murade Murargy

Secretário Executivo da CPLP com agenda pendente na Guiné-Bissau

Bissau (PNN, 26 de Março de 2013)  –  O Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Isaac Murade Murargy, que se encontra em vista de trabalho à Guiné-Bissau, está a enfrentar dificuldades para se reunir com as autoridades de transição.

Desde a chegada à Bissau, Murade Murargy encontrou ausentes algumas das figuras do país, nomeadamente Serifo Nhamadjo, Rui Duarte Barros e Faustino Fudut Mbali, respectivamente o Presidente de transição, o Primeiro-ministro e o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Murade Murargy, Secretário Executivo da CPLP

Decisão de retirar a Bissau estatuto de parceiro dos EUA é “forma de pressão necessária”

Bissau (AngolaPress, 21 de Dezembro de 2012) – O secretário executivo da CPLP, Murade Murargy, considerou hoje (sexta-feira) que a decisão norte-americana de retirar à Guiné-Bissau o estatuto de parceiro comercial privilegiado é “uma forma de pressão” e está “em sintonia” com a posição da comunidade lusófona.

CPLP aguarda “termos de referência” da missão conjunta

Murade Murargy, Secretário Executivo da CPLP

Murade Murargy, Secretário Executivo da CPLP

Lisboa (AngolaPress, 13 de Novembro de 2012) – A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) continua a “aguardar os termos de referência” da missão conjunta à Guiné-Bissau, aprovada na última Assembleia-Geral das Nações Unidas.

Em declarações aos jornalistas, à saída de uma audiência com o Presidente da República, Cavaco Silva, realizada hoje (terça-feira), o secretário-executivo da CPLP, Murade Murargy, disse que a União Africana (UA) “ainda não enviou” aqueles “termos de referência”, que determinarão “os objectivos da missão conjunta”.

Na ausência disso, a CPLP “ainda não decidiu” sobre a sua participação na missão, acrescentou.

“Não vamos suspender a Guiné-Bissau” – Secretário-Executivo da CPLP

  • “Não vamos suspender a Guiné-Bissau. Estamos a trabalhar para que a situação no país se estabilize. Quando há um problema, nós temos de contribuir para solucionar esse problema”.
Murade Murargy, Secretário Executivo da CPLP

Murade Murargy, Secretário Executivo da CPLP

Maputo  (Ponto Final, 16 de Outubro de 2012) – A instabilidade política na Guiné-Bissau é só um dos desafios que a CPLP tem pela frente, garante o novo secretário-executivo da organização. Àbeira de completar o primeiro mês no cargo, o diplomata moçambicano Murade Murargy acredita que a principal missão que terá pela frente passa por promover plataformas de promoção de investimento entre os estados-membros e atingir o objectivo de sempre: a consciencialização de uma cidadania lusófona.