Arquivos do etiqueta: Serifo Nhamadjo Quer um Governo de Base Alargada que Priorize Tecnicidade e Inclusão

Serifo Nhamadjo Quer um Governo de Base Alargada que Priorize Tecnicidade e Inclusão

Manuel Serifo Nhamadjo, Presidente da Transição da Guiné-Bissau

Manuel Serifo Nhamadjo, Presidente da Transição da Guiné-Bissau

Bissau – O Presidente da Transição da Guiné-Bissau Serifo Nhamadjo disse quinta-feira que quer um governo de base alargada, que priorize a tecnicidade e a inclusão para fazer face aos desafios de transição.

Serifo Nhamadjo apelou à participação de todos na construção da paz, combate à injustiça, ao crime organizado tráfico da droga.

Por outro lado, Nhamadjo disse ser urgente agir para salvar o ano lectivo e a campanha castanha de caju e que os salários dos funcionários públicos sejam pagos o mais rapidamente possível.

“Os desafios eu já os enumerei várias vezes, são muitos. Eu conto com a vossa colaboração. Eu sei que todos quanto guineenses forem contactados para fazerem parte da equipa de transição terão que encarnar o objectivo que temos pela frente”, avançou.

“Muitos estarão a pôr em causa a brilhante carreira pondo em causa alguns valores pessoais para poderem elevar o sentido patriótico. Porque, afinal, a nação é mais importante. O importante hoje é os guineenses se reencontrarem e ultrapassarem as divergências. Todos nós nós somos especialistas em apontar problemas, mas a virtude será aquela que conseguir apontar a solução para o benefício de todos. Vamos todos trabalhar de mãos dadas para ultrapassarmos mais esta crise”, desejou Nhamadjo, que apelou à uma ‘auditoria internacional independente sobre a governação do país e, sobretudo, das últimas eleições presidenciais antecipadas’.

O novo Primeiro-ministro pediu a que sejam criadas condições de segurança aos funcionários para a retoma normal do seu trabalho.

“O meu agradecimento especial aos nossos parceiros, sobretudo, a CEDEAO pelo empenho que tem dedicado à resolução deste problema interno da Guiné-Bissau, que deve ser resolvido pelos guineenses. Mais uma vez, o seu empenho para que encontremos solução é por que estamos aqui por forma a podermos avançar com este país”, disse Rui Duarte Barros.

“Em breve, nós desenhamos um roteiro que nos dê o nosso objectivo, que é afinal a preparação das eleições dentro de um ano em concertação com todas as partes, para vermos aquilo que é possível fazer e como vamos trabalhá-lo para alcançarmos esse período”, adiantou.

Cerca de uma hora antes, o PRT conferia posse a cinco conselheiros seus, bem a chefe da casa civil da Presidência da república e ao seu secretário-geral.

Fonte: RDN